Como cuidar da saúde das crianças no inverno?
Com a chegada do inverno, observa-se o aumento de doenças respiratórias, como a gripe, isso ocorre por conta de fatores como alterações de temperatura e baixa umidade do ar. No inverno as pessoas tendem a ficar em ambientes fechados, pouco ventilados e com isso aumenta-se a transmissão de doenças bacterianas e virais. Dessa forma, é importante manter a atenção nas crianças, tendo em vista que são um dos grupos mais afetados com as alterações climáticas.

A Dra. Patty Terrível, pediatra humanizada, separou algumas dicas importantes para se ter com as crianças na mudança de estação. “Eu sempre falo da importância da vacinação, ela é o principal caminho para imunização de diversas doenças. Até mesmo a gripe, que está com campanha ativa”, comenta Dra. Patty. Além disso, veja o que mais pode ser feito de acordo com a especialista:

Higiene nasal: no inverno o tempo é mais seco e, por isso, é muito importante fazer higiene nasal nas crianças com soro fisiológico para umidificar as vias aéreas e melhorar a hidratação.

Banhos quentes: evite banhos muito quentes, por mais frio que esteja, e não deixe que as crianças tomem banhos demorados, pois isso colabora para a pele seca, que pode até escamar.

Hidratantes: para evitar o ressecamento da pele, o uso de hidratantes é fundamental, principalmente logo após o banho, em todas as estações, em principal nas mais frias.

Aquecedor: se a casa for muito fria, vale a pena ligar o aquecedor no quarto antes de dormir, de modo que fique mais aconchegante.

Beber água: apesar de se beber menos água no inverno, é de extrema importância oferecer para as crianças com frequência, isso ajuda na hidratação.

Ambiente umidificado: ao contrário do que se pensa, no inverno o tempo é mais seco, manter o ambiente umidificado, seja com umidificadores elétricos ou deixar uma bacia com água embaixo da cama, ajuda a aumentar a umidade do ar.

“Acredito que esses são cuidados mínimos, mas de extrema importância para com os pequenos nessa época. Além disso, manter sempre uma alimentação saudável, consumir frutas ricas em vitamina C, que ajudam a aumentar a imunidade, usar roupas adequadas, evitar lugares muito aglomerados e principalmente durante essa pandemia, evitar de ir a pronto socorro e correr riscos de pegar outras doenças”, comenta a pediatra.
Publicidade