A importância do teste do pezinho
A triagem neonatal, mais conhecida como Teste do Pezinho, já é uma prática bastante consolidada no Brasil e em todo o mundo. Apresenta grande importância tanto em saúde pública quanto para cada bebê, pois permite o diagnóstico precoce de condições graves, muitas vezes antes mesmo do aparecimento de qualquer sintoma.

Publicidade

De acordo com o diretor médico do DLE – Medicina Laboratorial, Dr. Armando Fonseca, as principais condições pesquisadas são as doenças metabólicas que levam ao excesso ou a falta de determinadas substâncias no organismo da criança, o que pode gerar graves sequelas ou mesmo a morte. Há ainda a possibilidade de pesquisar doenças infecciosas e outras condições, como a surdez de origem genética.

Ele explica ainda que há diferentes testes do pezinho disponíveis nos laboratórios. O Dr. Armando orienta que a principal diferença entre os testes do pezinho  está na quantidade de doenças testadas e nas técnicas utilizadas por cada um. O DLE – Medicina Laboratorial oferece diversas opções de teste, destacando-se o Teste do Pezinho Expandido®, que utiliza a inovadora tecnologia de Espectrometria de Massas em Tandem e no mesmo exame pode detectar 46 diferentes doenças.

 

Tecnologia avançada

A Espectrometria de Massas em Tandem utilizada no Teste do Pezinho é uma técnica na qual substâncias contidas no sangue são diferenciadas por seu peso molecular, permitindo sua detecção e mensuração, com uma especificidade inigualável. “Assim, é possível determinar quais destas substâncias estão com níveis alterados, permitindo o diagnóstico de diversas doenças.

Um grande exemplo da importância desta técnica é a pesquisa das acilcarnitinas, relacionadas a diversas etapas do metabolismo e que quando estão alteradas podem ocasionar inúmeras doenças, só podendo ser detectadas pela Espectrometria de Massas em Tandem”, afirma o médico.

O Dr. Armando alerta para o fato de que por se tratarem de testes de triagem, o resultado indica a probabilidade de a criança ser afetada por determinada condição, sendo necessária a complementação do diagnóstico.  “A grande importância do Teste do Pezinho é determinar quais crianças precisam ser investigadas mais profundamente para determinada condição, para que o diagnóstico precoce possibilite o início de tratamento, podendo proporcionar uma vida saudável”, ressalta.