Por que guardar as células-tronco do bebê?
Com o progresso nos estudos sobre terapia celular, constatou-se que as células-tronco do sangue do cordão umbilical e placentário (SCUP) são eficazes no tratamento de mais de 80 tipos de enfermidades, como: anemias, linfomas, leucemias, etc. O grande diferencial das células-tronco é o fato  de  nunca terem sofrido nenhum tipo de interferência de fatores  externos (estresse, tempo, medicamentos, entre outros), sendo totalmente “virgens” e compatíveis com seu doador.Além de ter uma vida mais longa, estas células são fáceis de serem coletadas e não  representam nenhum risco ou dor para a mamãe e para o bebê no momento do parto,  seja normal, cesárea e até prematuro. Outra vantagem é que elas são 100% compatíveis com o seu  bebê. Claro que se espera que seu uso nunca seja necessário, mas, se preciso, elas estarão  disponíveis para o seu filho, ou até algum membro da família, como um irmão, já que também  há possibilidades de compatibilidade nestes casos.As propriedades medicinais são inúmeras e as pesquisas também têm avançado de forma promissora, o que significa que em mais alguns anos novos tratamentos poderão ser realizados com este rico material genético. Há também a opção de armazenar as células-tronco do bebê em um banco público, com a diferença de que no privado você as receberá assim que necessário e, no  público, elas ficam disponíveis para qualquer pessoa que possa precisar.

Publicidade

Para a Dra. Adriana Homem, médica responsável técnica do Banco de Cordão Umbilical (BCU Brasil), é muito importante a conscientização dos pais sobre a coleta e armazenamento. “O sangue do cordão umbilical é muito rico e por isso é importante para o tratamento e pesquisas de muitas enfermidades, por isso, não devemos jogar fora. Mesmo que a pessoa não tenha condições de armazenar num banco privado, ela tem a chance de doar para o banco  público”, afirma Dra.  Adriana.

BCU  Brasil

O Banco de Cordão Umbilical (BCU Brasil) é um dos maiores do mundo. Atua no mercado há 15 anos e no Brasil desde 2009, com mais de 40 escritórios nas cinco regiões do país. Possui mais de 35 mil amostras de células-tronco armazenadas, oferecendo 100% de segurança, tanto na coleta como no armazenamento.

O objetivo é mostrar para a população em geral a extrema importância das células-tronco para o avanço da medicina, que traz e continuará trazendo  benefícios para pessoas que sofrem de diversas doenças graves.