O que fazer para melhorar os enjoos na gravidez?
Desagradáveis, mas bastante comuns – até 80% das gestantes podem sofrer com esse desconforto na gravidez – os enjoos são provocados pelas mudanças no corpo da mulher e também pelas alterações hormonais, principalmente a produção de gonadotropina coriônica humana (hCG).

Publicidade

“Esse hormônio provoca náuseas, pois retarda a digestão, assim o alimento demora mais para sair do estômago e chegar ao intestino”, afirma a ginecologista e obstetra Dra. Erica Mantelli.

A fase mais acentuada acontece entre a 6ª e a 12ª semanas de gestação. Nesse período, os enjoos surgem com mais frequência ao acordar e também durante as próprias refeições. Infelizmente, ainda não há uma fórmula mágica para se livrar desse incômodo, mas existem alguns truques para minimizar o mal-estar. Para superar essa fase, a Dra. Erica revela alguns segredinhos que podem ajudar a gestante a driblar esses motivos e seguir com uma gravidez tranquila:

 

• Evite alimentos gordurosos, picantes, muito condimentados e açúcares. Prefira os ácidos;

• Antes de levantar da cama, coma um biscoito de água e sal, pois ele ameniza o enjoo;

• As frutas são as que menos causam náuseas, portanto, acrescente abacaxi, kiwi, limão e água de coco entre as refeições;

• As verduras também são uma forte aliada. Espinafre, rúcula, brócolis, escarola e agrião, além de serem ricos em complexo B, estimulam a produção dos ácidos digestivos;

• Não deixe de ingerir alimentos fontes de Vitamina B6, como peixe, frango, ovos, cereais integrais e soja;

• Para algumas mulheres, chá ou bala de gengibre ameniza o mal-estar;

• Se o creme dental provoca desconforto, troque por um de outra marca e prefira escovar os dentes após o café da manhã;

• Não deite logo depois de se alimentar;

• Se você perceber que tomar água provoca enjoos, experimente colocar uma fatia ou gotas de limão. Mas não deixe de se hidratar;

• Evite perfumes e produtos de limpeza com cheiro forte;

• Faça atividades prazerosas e sessões de relaxamento. Já está comprovado que mulheres ansiosas e que estão passando por problemas emocionais tendem a ter mais enjoos durante a gravidez.