Gestante precisa se movimentar
Ao contrário do que muita gente ainda pensa, gravidez não é sinônimo de doença. A não ser por observações médicas, você não precisa ficar de repouso, pelo contrário.

Publicidade

Movimentar-se durante a gravidez é garantia de benefícios para a mamãe e para seu bebê. A gravidez traz alguns desconfortos e alterações para o corpo da mamãe e para amenizar os sintomas o melhor remédio é adotar uma rotina de exercícios e pequena atividades pró-ativas.

Uma gravidez ativa proporciona o controle do peso, previne e controla o diabetes e a hipertensão arterial.Além disso, diminui a dor lombar que durante a gestação atinge entre 50 e 80% das mulheres. Os exercícios resistidos e os alongamentos são importantes, pois preparam os músculos para essa mudança do centro de gravidade, prevenindo as dores e a necessidade de medicamentos.

O inchaço e a retenção de líquidos também melhoram e uma boa circulação deixa o útero mais elástico o que facilita o trabalho de parto, pois diminuem o tempo de expulsão do feto (cerca de 1/3 mais rápidos). Com a prática de exercícios físicos, há uma melhora da auto-estima, do humor e a disposição para a atividade sexual, além de prevenir a depressão pós-parto e controlar os hormônios.

A primeira dica para começar é que a grávida esteja descansada, tente dormir o suficiente. Depois é só adotar pequenas atitudes como levantar para pegar um copo de água, caminhar até a padaria e depois escolher um exercícios que deixe disposta e que você sinta prazer em fazê-lo, como pilates, caminhadas, danças específicas e outros.