Fisioterapia para gestantes
 A gestação é um período de muitas transformações físicas e emocionais na vida da mulher. Exercícios físicos apropriados para cada fase a auxiliam a passar por todas essas alterações da melhor maneira possível, minimizando os desconfortos e trazendo mais saúde para a gestante e o bebê. A fisioterapia obstétrica oferece, após uma avaliação das necessidades específicas de cada gestante, exercícios de fortalecimento muscular, alongamento, correção postural, preparação para o parto, além de técnicas de relaxamento e drenagem linfática, que auxiliam na prevenção e tratamento dos edemas.Pensando em todos os benefícios que a fisioterapia pode proporcionar, o Estúdio Gestare oferece programas completos de exercícios personalizados para mulheres que pretendem engravidar, gestantes e mães na fase de pós-parto. O Manual da Mamãe conversou com as fisioterapeutas Dra. Marina Morales e Dra. Thaissi Lima para conhecer as vantagens de ter o acompanhamento de um fisioterapeuta durante a gestação e pós-parto:

Publicidade

 

Realização dos exercícios

Inicialmente é feita uma avaliação na qual as profissionais conversam com a paciente sobre seu estado de saúde, como foi o decorrer da gestação até aquele momento, seus antecedentes familiares, verificam a sua condição física e postural, além de procurar saber quais são os principais objetivos da gestante. Após essa avaliação e com a liberação do obstetra, planeja-se as atividades de acordo com os dados obtidos. Os exercícios são executados no solo, com auxílio de halteres, faixas elásticas, caneleiras, bolas e outros recursos.

É realizado um trabalho de ganho de força muscular de membros superiores, inferiores, lombar, abdômen e do assoalho pélvico, muito importante para o parto normal e para prevenir complicações no pós-parto. Além disso, são praticadas atividades para o ganho de flexibilidade e que proporcionam relaxamento. “Toda a conduta é traçada de acordo com as particularidades de cada fase da gestação e necessidades individuais da grávida.”

Benefícios

A gestante que pratica atividade física bem orientada se adapta melhor às alterações decorrentes da gestação. Normalmente, essas mulheres têm menor incidência de dores na região lombar ou nas articulações, controlam melhor o ganho de peso, estão menos propensas a complicações, como a hipertensão e diabetes gestacional, mantêm a condição física anterior à gestação, têm um parto e pós-parto mais tranquilos, têm mais disposição para as atividades do dia a dia, além de melhorar a qualidade de sono, estando menos propensas ao estresse.

Inchaços e a fisioterapia

A drenagem linfática, além de promover relaxamento, também é uma importante aliada contra a retenção hídrica.