Cuidados de beleza importantes para as gestantes
Durante a gravidez, é comum ouvir das outras pessoas que você está mais bonita. Além da felicidade da espera, isso se justifica por seios maiores e mais firmes, cabelos mais bonitos e volumosos, olhos brilhantes e lábios mais cheios, tudo devido à ação hormonal. Por outro lado, o organismo todo se prepara para abrigar um bebê que deverá crescer muito nos próximos meses: o corpo feminino embebe-se de líquidos para criar um ambiente agradável ao feto, favorável, seguro, resistente aos choques; o abdômen se distende progressivamente, paralelamente ao aumento do útero; os quadris arredondam-se e alargam-se ligeiramente; vasos podem se tornar mais dilatados, visíveis em pernas e coxas, ou simplesmente se traduzindo em faces mais rosadas, revelando o incremento global da circulação sanguínea. Ou seja, tudo isso requer cuidados especiais para a futura mãe se manter ainda mais bela. A dermatologista Dra. Ligia Kogos, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, ressalta os principais. Confira:

Publicidade

Manchas

Preveni-las é essencial, pois a grávida tem especial vulnerabilidade à luz solar, desenvolvendo com facilidade o chamado cloasma, mancha escura castanha, que pode aparecer na face, bochechas, testa e buço. Portanto, deve usar filtro solar diariamente. Na praia, piscina e caminhadas, também fazer a proteção física com chapéus ou viseiras.

Estrias

A prevenção mais eficaz é não engordar demasiadamente, pois não há pele que resista a uma distensão exagerada. Claro que o abdômen deverá aumentar bastante, mas se não houver aumento de peso desnecessário, a pele poderá aguentar o estiramento sem se romper. Para isso, deverá estar bem hidratada e lubrificada. Recomenda-se o uso de hidratantes potentes, contendo ativos altamente eficientes, como ureia, silicones, colágeno, vitamina E, extratos de avelã, macadâmia, uva, amêndoas, lactatos etc., em cremes que devem ser usados diariamente nas regiões mais críticas, tais como abdômen, busto e lateral das coxas.

Alimentação

A alimentação com mais proteína do que excesso de carboidratos (massas, açúcares, doces, pães) também é essencial para preservar a beleza.

Cravos e espinhas

Pode haver uma tendência a cravos, poros dilatados, obstruções e espinhas. Por isso, esta fase exige que a limpeza diária da pele do rosto se faça com eficiência e simplicidade, sem cansar a gestante, mas limpando, livrando a pele em profundidade de suas impurezas. Para as que têm certa tendência à oleosidade no centro da face, o ideal é usar um sabonete para pele mista ou oleosa, à base de ácido salicílico, que limpe profundamente, seguido por uma loção hidroalcoólica, adstringente ou tônica, que se passe com algodão, tirando os resíduos restantes de poluição, maquiagem e secreções naturais, complementando a limpeza em profundidade.

Cabelos

Os cabelos, sendo uma das armas de beleza da grávida, podem ser lavados à vontade, de acordo com o tipo e necessidade de cada mulher, para que fiquem soltos e bem ajeitados, contribuindo muito para o aspecto geral radiante, elegante e majestoso da grávida. Raízes oleosas podem ser corrigidas com xampus à base de zinco ou sulfacetamida. Eles crescem muito nesta fase, pode ser um boa hora para deixá-los mesmo maiores em comprimento, explorando a feminilidade dos cabelos longos e vistosos, como uma arma útil para chamar a atenção para a cabeça, no momento em que a cintura e a barriguinha estiverem maiores.

Após o 4º mês do nascimento do bebê, a queda de cabelo costuma assustar uma boa parte das mamães. Isso ocorre devido à fase de normalização dos hormônios. É como se os cabelos sentissem a falta daquele estado de fartura de hormônios que ocorre durante a gravidez. Os dermatologistas receitam cápsulas à base de proteínas e loções à base de progesterona e corticoides suaves, pingados diariamente no couro cabeludo, por cerca de dois meses, até que o problema cesse. Gelatina incolor em pó ou folha, dissolvida em água (seis folhas, total de cerca de 10g/dia) e ingerida pura ou em sucos pode ser útil para fortalecer os fios.

Celulite

A celulite pode aparecer ou se tornar mais evidente nesta fase, devido à retenção natural de líquidos e aumento de peso. Não se preocupe demais, pois ela tende a desaparecer após alguns meses do parto. Deve-se, no entanto, sempre ter em mente o controle do peso. Exercícios moderados, autorizados pelo obstetra, ajudam muito a gastar calorias indesejadas, já que a fome é maior neste período e pode levar ao fácil ganho de peso. Caminhadas, musculações suaves e bem-orientadas são muito eficientes, evitando inchaços, obesidade e indisposição, permitindo que a grávida pareça linda e mais bem-disposta.