Como ter sucesso na amamentação?
Mais saúde e um vínculo emocional único! A amamentação faz um bem enorme ao bebê e à mamãe também. Mas traz consigo um monte de dúvidas. Para contemplar tudo o que esse ato pode oferecer, o segredo é valorizar as informações confiáveis, ter um pouco de paciência, boa vontade e disponibilidade. A fonoaudióloga e personal baby Dra. Sylvia Goulart dá dicas preciosas para uma amamentação bem sucedida. Confira:

Publicidade

Que cuidados ter com as mamas na gestação?

Banho de sol nos mamilos! Vamos procurar deixá-los com a pele mais resistente. Deverá ser mantido o hábito nos primeiros quinze dias após o parto, quando ocorre a adaptação dos mesmos à sucção frequente. A mama poderá ser hidratada, evitando apenas os mamilos.

Por quanto tempo deve-se amamentar a criança?

A Organização Mundial de Saúde (OMS) preconiza os primeiros seis meses de aleitamento materno exclusivo. O leite materno é um alimento completo, possui todos os nutrientes necessários para o perfeito desenvolvimento da criança, não sendo necessário nenhum outro tipo de alimento nesse período. Após esta fase, deve-se incluir a alimentação complementar, mantendo o aleitamento até a idade de dois anos ou mais.

Qual a posição ideal de mãe e bebê na hora da amamentação?

É importante que, inicialmente, a mãe esteja em posição confortável, podendo estar sentada (com apoio nas costas, pernas e braços) ou deitada de lado (com apoio na cabeça). A mãe bem posturada terá condições de auxiliar e manter a boa pega do bebê. Já este deve estar deitado de frente para a mãe, barriga com barriga, tendo o cuidado para sua boca estar posturada imediatamente na frente do mamilo, para facilitar a pega e evitar lesões.

Existe leite materno fraco?

O leite materno contém todos os nutrientes necessários para um perfeito desenvolvimento da criança. É preciso apenas seguir algumas dicas quanto ao manejo das mamadas e à alimentação e hidratação materna, para que não haja essa rotulação.

Oferecendo a mama: qual a sequência, tempo de mamada e intervalo entre elas?

O ideal é que seja oferecida uma mama a cada mamada, sem se preocupar com a duração da mesma, em horário de livre demanda. Nos primeiros dias o bebê é mais sonolento, o que traz mamadas de duração e intervalos irregulares. Mas em poucos dias o bebê fica mais alerta, mama de forma eficiente, as mamadas duram menos tempo e o bebê começa a dar intervalos parecidos entre as mamadas, ficando mais organizado.

Qual a alimentação ideal para a mãe que amamenta?

Uma alimentação com base em alimentos saudáveis, como frutas, verduras, legumes, carnes, cereais, leite e seus derivados. A ingestão de 3 a 4 litros de água por dia garantirá um bom volume de leite!

 

O que fazer em caso de:

Rachadura no mamilo: corrigir a pega do bebê, dar banho de sol nas mamas, deixá-las arejadas e hidratá-las com o próprio leite materno.

Mama empedrada: colocar o bebê para mamar com maior frequência, pois é ele quem retirará o leite de forma mais eficaz. Antes da mamada, esvaziar a região areolar com a ordenha manual, para que o bebê tenha facilidade em abocanhá-la, evitando lesões. É importante lembrar, sempre que for amamentar, a mama deve estar livre, sem pressão de sutiã ou roupas que possivelmente possam bloquear a passagem do leite.

Demora na descida do leite: intensificar as mamadas do bebê. Esse será o maior e melhor estímulo!