Benefícios da terapia floral para o equilíbrio familiar
Cansaço, estresse, insônia, estudos e exames, concentração, socialização, comunicação, timidez, agressividade... Aprovada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e recomendada pela Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares, a terapia floral atua sobre sentimentos, emoções e padrões de personalidade em todas as fases da vida, sem contraindicação. “É uma opção natural, rápida e eficaz para complementar tratamentos de saúde, não os substituindo. Os florais contribuem para a paz, o amor, o equilíbrio familiar e para a harmonização das relações entre casais, pais e filhos”, analisa a terapeuta floral Carolina Belomo de Souza.

Publicidade

Para a mulher e a maternidade: traz o equilíbrio emocional, diminui cansaço físico e mental, aumenta a libido, proporciona melhor gerenciamento de situações, conflitos ou dificuldades do dia a dia, como casa, trabalho, marido, filhos.

Para gestantes e puérperas: Carolina explica que durante a gestação os florais podem trabalhar medos, inseguranças, ansiedade, falta de paciência, preocupações, culpas, enjoos, cansaço, sono, além de fortalecer a conexão com o bebê. Segundo ela, também auxiliam na preparação e recuperação de qualquer tipo de parto. “Permitem que a mãe possa relaxar, superar traumas relacionados ao primeiro parto ou experiências desagradáveis relacionadas com a maternidade. Também diminuem a preocupação com filhos mais velhos ou preocupações cotidianas”. Auxiliam no trabalho de parto. Já no puerpério, a terapia floral proporciona o equilíbrio emocional importante para este período sensível, permitindo que a mãe possa se adaptar a esta nova situação, ficando mais calma, confiante e tranquila. Além disso, é uma ótima aliada durante a amamentação.

Para crianças: a partir de uma visão integral da criança, as essências florais podem auxiliar, entre outras situações: dificuldades no sono, cólicas, nascimento dos dentes, separação da mãe no retorno ao trabalho, desfralde e desenvolvimento da fala, medos ou traumas, adaptação, dificuldades escolares, birras, imunidade, irritação, timidez e autismo. Outro benefício, esclarece a terapeuta floral, é ajudar o irmão mais velho a se adaptar à chegada do bebê, fortalecendo e aumentando a sua autoestima, deixando-o mais calmo, seguro e ajudando a lidar com os ciúmes.

Como funciona: após a descoberta dos florais por Dr. Eduard Bach, outros sistemas florais foram criados. Cada essência floral está associada a uma emoção humana básica: medo, mágoa, raiva, tristeza e culpa, portanto cada uma com indicações diferentes. Pode ser administrada em gotas ou glóbulos. A dose e frequência diária de utilização pode ser adaptada a cada situação e idade.