Tênis: benefícios do esporte para o desenvolvimento infantil
Engana-se quem pensa que tênis não é esporte para criança. Ao contrário disso, essa prática faz toda a diferença na formação e desenvolvimento infantil. “A partir dos 3 anos de idade, as crianças já estão aptas para iniciar a prática esportiva. Com o tênis, elas desenvolvem suas habilidades motoras, aprendem a trabalhar em coletividade, a ganhar e a perder e, principalmente, a interagir”, explica a gestora da Escolinha Guga, Ana Claudia Condeixa de França.

Publicidade

Os benefícios desse esporte são inúmeros. Segundo Ana Claudia, além da diversão, o tênis promove o desenvolvimento cognitivo e afetivo das crianças, trabalha as habilidades matemáticas, promove o fortalecimento ósseo, aumenta a resistência a doenças e ajuda na queima de gorduras. Ainda desenvolve o pensamento tático, ajudando a criança a aprender a resolver os problemas, administrar os próprios erros, lidar com adversidades e planejar estratégias.

Para que a prática seja saudável e contribua para a formação e aprendizado do aluno, é fundamental utilizar uma metodologia apropriada para cada fase da infância. “Um dos diferenciais da Escolinha Guga é o método de ensino, que abrange um trabalho psicomotor, técnico, tático e social. Os professores são verdadeiros educadores, pois não trabalham apenas com a parte técnica, mas, principalmente, com a formação da criança. O esporte é resultado da busca das melhores práticas utilizadas para o desenvolvimento do talento e habilidades das crianças para prática do tênis”, enfatiza Ana Claudia.

Outro ponto bastante significativo tanto no aprendizado como na permanência dos pequenos no esporte, é o material utilizado nas aulas. “Na Escolinha Guga, utiliza-se raquetes e bolas específicas para cada faixa etária, além de alvos, cones, bambolês e demais acessórios, que tornam a aula atrativa. O material apropriado permite que a criança consiga executar com prazer e eficiência o objetivo proposto pelos educadores e sinta-se vencedora desde a primeira aula”, explica.

Na escolinha Guga, as aulas, pela sua estruturação e sequência de atividades, permitem que as crianças sejam estimuladas a continuar o seu desenvolvimento quando estão fora do treino, pelo estímulo e afeto que têm pelo esporte.