Saiba como escolher o melhor imóvel para a família
A família vai aumentar e a casa ou o apartamento certamente ficarão pequenos, principalmente se os planos de engravidar não pararem no primeiro filho. Casais que estão passando por esse momento e sabem que a alegria das crianças não será compatível com o tamanho do imóvel precisam ter uma resolução em mente: talvez seja a hora de buscar um novo local, em sintonia com as novas necessidades de tamanho, localização, facilidades e preço.

Publicidade

“É certo que o Brasil está atravessando uma crise e que o poder de compra caiu para muitos, mas este é o melhor momento para investir em um imóvel. Dados do índice FIPE-Zap de 2015 revelam que a alta no valor das casas e apartamentos está em constante desaceleração. Para se ter uma ideia, o aumento que era de 26% em 2011 caiu para 7% em 2014. Considerando a inflação pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor), os números descem ainda mais, passando a um aumento real de 0,5%”, explica o assessor imobiliário William Nunes Dias Tieppo.

Porém, mesmo que o momento seja propício, não é indicado trocar de imóvel por impulso. Alguns critérios devem ser levados em consideração. “É preciso avaliar o tamanho, localização, vagas de garagem, cômodos e também projetar a vida para os próximos cinco ou dez anos. Nessa hora, a colaboração de uma assessoria imobiliária é muito importante, não só para a indicação de imóveis à venda, mas também para ajudar a família a chegar a uma casa ou um apartamento que tenha exatamente o perfil buscado”, declara.

Para facilitar a escolha, William Tieppo responde algumas perguntas imprescindíveis para quem está pensando em adquirir ou trocar de imóvel em 2016:

O que precisa ser observado no momento de adquirir um imóvel?

Antes de tudo, reflita: quantos anos você pretende morar no imóvel? Tem planos de ter mais filhos neste período? A resposta para estas perguntas vai definir se a casa ou apartamento que você pretende comprar se encaixa nos padrões de comportamento e nos ideais familiares.

Localização deve ser um dos itens mais importantes a se considerar?

Com certeza, a localização é muito importante. Por isso, prefira uma residência próxima a escolas, faculdade e ao trabalho. Atenção também à infraestrutura do bairro, como vias de acesso e deslocamento, lazer e segurança.

Casa ou apartamento? Como saber onde meu perfil se encaixa melhor?

É uma escolha bastante pessoal, mas que deve sempre levar em conta, principalmente, quesitos de segurança, como o tempo que a família permanece na residência, os horários de saída e chegada e frequência e duração de viagens. Para quem fica fora mais tempo, apartamento é sempre a melhor opção. Por outro lado, se a prioridade é lazer e privacidade, uma casa sai na frente.

O que é mais indicado, imóvel novo ou usado?

Novo é sempre a melhor opção, porém, um usado com no máximo cinco anos de uso, também é vantajoso, pois pode gerar um bom valor de revenda no futuro. Lembre-se que a construtora conta muito nesse quesito, tanto no imóvel novo quanto no usado, devido à qualidade na execução da obra.

Como definir um roteiro até chegar à compra?

Visite no mínimo três empreendimentos, sejam novos ou usados, e confira junto ao assessor ou advogado de confiança todas as situações burocráticas e fiscais do proprietário, da construtora e do imóvel.

Qual é o melhor horário para visitar o imóvel?

Tanto um imóvel pronto como na planta deve ser visitado em horários diferentes. Na parte da manhã e tarde, para que se possa ver o posicionamento do sol, primordial na temperatura da casa ou apartamento, assim como na luminosidade e ventilação. À noite é importante ir à residência de interesse para identificar barulhos, como de bares, casas de shows e até mesmo avenidas com grande fluxo de veículos.

Quais diferenciais o mercado tem oferecido para imóveis voltados à família?

Os empreendimentos modernos e com grandes metragens, voltados à família, estão adaptando serviços antes oferecidos somente nos estúdios ou apartamentos para solteiros e casais sem filhos, tais como lavanderia, massagem, beleza, alfaiataria, concierge, pet care, car wash, faxina, reparos, personal trainer, pilates, entre outros, que visam agilizar o dia a dia familiar, proporcionando mais lazer e conforto.

Como evitar obras não programadas no imóvel?

Imóveis antigos, novos ou na planta precisam de atenção quanto à qualidade da construção, principalmente quanto à durabilidade das partes elétrica e hidráulica. Em especial nos imóveis novos, que oferecem cargas elétricas e drenos para ar condicionado, além de infraestrutura para automação, energia solar e medição individual de energia. Assim, ganha-se em qualidade de vida e no valor da venda ou locação, além de se evitar futuras obras.

É importante pensar a longo prazo? Por quê?

Sim! Ao contrário dos automóveis, os imóveis valorizam a cada ano. São patrimônio familiar e rendem mais do que a poupança. É importante pensar a longo prazo analisando as possibilidades de revenda e locação.

Um imóvel, além de ser uma excelente forma de renda na locação, é um bem que valoriza após a compra, acompanhando sempre o desenvolvimento dos bairros e regiões de todos os grandes centros do Brasil e do mundo. A compra de um imóvel sempre é um ótimo negócio.