Mala de maternidade: como fazer

Se já é complicado montar uma mala para passar o fim de semana na praia, imagine arrumar a mala dos três dias de maternidade... Para ajudar as gestantes nessa tarefa, as blogueiras do Moms&Co, Ariane, Carolina e Paola, ensinam como organizar a mala da mamãe e do bebê.

Publicidade

Mala do bebê

• O ideal é separar as roupas de cada dia em saquinhos. Há lojas que fazem esses envelopes até mesmo personalizados. Em cada envelope colocamos um mijão (calça com pé), body (manga curta e/ou longa, de acordo com a estação), a roupa principal, manta (com ou sem vira manta), uma ou duas fraldinhas de boca, uma fralda de ombro (semelhante à de boca, porém maior), par de meias e um cueiro.

• Como acessório, leve uma escova de cabelo (própria para bebê), chupetas (já esterilizadas), alguns pares de luvas (além de aquecer, evitam que o bebê se arranhe) e gorrinho (caso esteja frio). No caso das meninas, não esqueça os lacinhos ou faixinhas.

• As maternidades costumam pedir 4 trocas de roupa, porém uma roupa extra mais simples poderá ser útil, assim como body e mijão extra.

• Detalhe importante: veja com a maternidade se é preciso levar algo específico (fraldas descartáveis, toalha para banho, etc.), pois ela, normalmente, disponibiliza uma lista de itens.

Mala da mamãe

• Separe as roupas em envelopes (ou sacos plásticos transparentes e resistentes). Leve 4 pijamas ou homewear (verifique a quantidade junto à maternidade escolhida); 3 sutiãs de amamentação, cinta (se for utilizar) e calcinhas próprias para pós-parto (mais altas); acessórios maternos como as conchas para os seios, absorventes, absorvente de seio e bicos de silicone; e uma roupa bonita e confortável para sair da maternidade.

• Não esqueça uma sapatilha, pantufa ou chinelo (sem salto) para usar no dia a dia, e um chinelo de plástico para tomar banho.

• Um nécessaire caprichada com maquiagem, demaquilante, escova de cabelo, escova de dente, cremes (continue passando o antiestria), perfume suave, shampoo, condicionador, secador/chapinha, elásticos e grampos.

Dicas úteis: use e abuse das enfermeiras, elas são ótimas companhias e podem ensinar muito. Crie um código com o seu acompanhante para quando não estiver confortável e combine uma palavra ou gesto para ele saber que está na hora de se despedir das visitas: uma boa desculpa é falar que está na hora de amamentar