Fotógrafa Érika Muniz: destaque nacional na fotografia de bebês
A chamada fotografia de “newborn” (em português, “recém-nascido”) já era bastante comum há alguns anos nos Estados Unidos. Há pouco tempo caiu no gosto dos brasileiros e não há quem resista a esse registro fofo dos bebês ainda nos primeiros dias de vida. Érika Muniz é brasiliense e uma das precursoras deste tipo de fotografia no Brasil, já fotografou mais de 600 bebês em seu estúdio. Estúdio que foi todo projetado para receber os pequenos ainda em seus primeiros dias de vida.

Publicidade

O estúdio é climatizado, esterilizado diariamente, possui poltrona de amamentação e trocador, tudo planejado para a segurança e bem-estar dos pais e dos bebês. “É muito importante ter um ambiente preparado e seguro para fotografar bebês entre 5 a 12 dias de vida. Como o ensaio dura de 3 a 4 horas, também é um momento que os pais aproveitam para descansar um pouco da agitada rotina de um recém-nascido”, diz Érika. Vale ressaltar que este tipo de ensaio ocorre nos primeiros 12 dias de vida do bebê. “Neste período o sono é mais profundo e conseguimos posicioná-los sem acordá-los”, relata Érika Muniz.

Érika tem alcançado destaque em nivéis nacional e internacional. Seu trabalho foi tema de uma reportagem no programa Fantástico, da Rede Globo. Já no final de 2014, deu um curso em Tóquio, no Japão, onde ensinou suas técnicas a outros fotógrafos. Em 2015, depois de fotografar tantos bebês, chegou a vez dela realizar o seu maior sonho: o de ser mãe. A paixão por esses pequeninos só fez aumentar depois do nascimento de sua filha. “Sou uma pessoa de sorte, consegui juntar duas paixões em uma só atividade, a fotografia e os bebês.”

Quem quiser conferir mais fotos deste lindo trabalho é só acessar: www.erikamuniz.com