Dúvidas mais comuns sobre cirurgias plásticas
Será que devo mesmo fazer uma cirurgia plástica? Essa é uma pergunta bastante comum de muitas mulheres. Dúvidas sobre os procedimentos cirúrgicos e resultados, geralmente, geram medo e insegurança, podendo ocasionar até mesmo a desistência de se submeter à cirurgia. Por isso, é muito importante conhecer todos os detalhes sobre cirurgias plásticas antes de recorrer a uma delas.

Publicidade

“É fundamental que a paciente procure um cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. O cirurgião deve orientar ao máximo a paciente sobre o procedimento. E o mais importante, ele deve avaliar e fazer a indicação precisa do que tem de ser realizado”, explica o cirurgião plástico, Dr. Fábio Silveira. Tire suas dúvidas com o Dr. Fábio Silveira:

 

Abdominoplastia

A abdominoplastia deixa cicatriz muito visível?

A cirurgia é feita de forma que a cicatriz fique “camuflada” e tenha um bom aspecto. Geralmente, a deixamos numa posição mais baixa para que a vestimenta a esconda.

É verdade que será feito um novo umbigo?

Depende da paciente e da técnica a ser aplicada. Há a técnica de se fazer uma nova cicatriz umbilical e a de deixar a mesmo de antes. A situação deverá ser avaliada. Eu costumo manter a cicatriz umbilical nos casos de abdominoplastia clássica.

Posso ter filhos depois de fazer abdominoplastia? O resultado será prejudicado?

A mulher pode, sim, ter filhos após a abdominoplastia, porém o resultado pode ser prejudicado. Não é o mais recomendado à mulher que ainda irá ter filhos fazer essa cirurgia.

 

Lipoaspiração

Qual a diferença entre lipoaspiração e lipoescultura?

A lipoescultura engloba a aspiração da gordura e a enxertia desta em outra localização, esculpindo o corpo. Já a lipaspiração refere-se à aspiração da gordura, reduzindo as medidas.

A lipoaspiração deixa cicatrizes?

A lipoaspiração deixa apenas pequenos furinhos na pele, quase imperceptíveis.

 

Mamoplastia

Ouvi dizer que algumas pacientes que fazem mamoplastia ficam com cicatrizes muito visíveis. Por que isso acontece?

Depende de cada caso. Durante anos, tentou-se chegar à mamoplastia de cicatrizes mínimas, entretanto, não adianta deixar uma cicatriz pequena se terá prejuízo na forma da mama. Três coisas que irão gerar um bom resultado: cirurgião aplicar a técnica mais adequada ao caso; a paciente seguir corretamente as orientações médicas; e a genética da pessoa corresponder. Por exemplo, uma pessoa com quelóide (doença genética) possui maiores chances de ter a cicatriz alterada e, por esse motivo, precisa tomar maiores cuidados.

Se eu engravidar depois de fazer uma mamoplastia redutora, o resultado permanecerá ou será prejudicado?

Em um porcentual menor dos casos, pode ser que a mama não seja prejudicada.

Existe alguma probabilidade da prótese de silicone estourar?

Esse risco é muito pequeno. A prótese pode estourar somente com traumatismos graves ou com o desgaste devido a idade avançada da prótese.

A prótese mamária deverá ser trocada?

Não existe, de forma alguma, uma prótese definitiva. A média para ser trocada é 10 anos.

 

Afinal, o resultado de uma cirurgia plástica compensa?

O resultado compensa muito, desde que tenha uma indicação precisa e seja realizada por um cirurgião plástico membro da Sociedade de Cirurgia Plástica.

“A associação da cirurgia plástica com os tratamentos dermatológicos também é muito importante. As novas tecnologias na área dermatológica são aliadas para melhor resultado estético na cirurgia plástica.”

 
Esse conteúdo foi feito em parceria com

Dr. Fábio Martins da Silveira


Conheça mais dele