Cirurgias plásticas combinadas no pós-parto
Recuperar o corpo de antes da gestação ou até mesmo dar uma melhorada nas curvas são os desejos da maior parte das mulheres. É comum após o nascimento do bebê surgirem alguns quilinhos a mais, as mamas caírem e flacidez e gordura localizada permanecerem, tirando o sono das mamães. Sendo assim, muitas delas optam pela cirurgia plástica e com a intenção de economizar tempo, ter somente um pós-operatório e solucionar suas queixas de uma só vez, elas procuram fazer mais de um procedimento cirúrgico em uma única internação. “É muito comum as mamães desejarem fazer cirurgias combinadas. E a primeira coisa que devem fazer é procurar um cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica para ser avaliada e tirar todas as suas dúvidas”, informa o cirurgião plástico Dr. Fábio Silveira. A seguir, o especialista traz mais informações sobre o assunto:

Publicidade

Quais são os procedimentos mais procurados pelas mamães?

Após o parto, normalmente, as mamães procuram recuperar a boa forma de antes ou melhorar o corpo que já tinha, pois, com a gestação, elas podem ter sofrido aumento de peso, perda do contorno corporal, distensão abdominal e as mamas podem ter caído. Sendo assim, buscam corrigir as mamas, abdômen, costas e em alguns casos, glúteos. As cirurgias plásticas mais procuradas são as de correção das mamas, lipoaspiração e abdominoplastia.

É comum essas mamães quererem fazer as cirurgias combinadas?

É muito comum. A modernidade traz isso. Com a correria diária, as pessoas querem economizar tempo, dinheiro, repouso pós-operatório e estresse psicológico, uma vez que todo pós-operatório deixa a pessoa mais sensível emocionalmente. Por isso, optam pelas cirurgias combinadas.

Quanto tempo após o parto a mamãe pode ser operada?

Nos primeiros seis meses após o parto, a preocupação da mamãe deverá ser em cuidar bem de seu bebê e de si mesmo. Praticar atividades físicas, alimentar-se corretamente e hidratar bem a pele. Durante esse período, o corpo da mamãe vai voltando a sua forma anterior. Eu sugiro que a mamãe aguarde, pelo menos, sete meses para se submeter a cirurgias plásticas combinadas.

Quantas cirurgias podem ser associadas com segurança?

As cirurgias podem ser associadas com segurança desde que seguidas as orientações da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e avaliada a condição clínica da paciente. Duas cirurgias são bem mais fáceis de serem combinadas. Porém, eu também realizo cirurgia tripla, dependendo dos procedimentos e do estado clínico da paciente. É preciso avaliar o risco cirúrgico, como tempo operatório, área a ser operada e o tipo de procedimento. Assim como é necessário avaliar a condição clínica da paciente, como histórico de doenças familiares, doenças prévias, peso e IMC. É preciso sempre julgar o que é possível ser feito. Analisar os benefícios e os riscos.

Como funciona a questão da anestesia?

Essa é uma questão que está a cargo do anestesista. Dependendo dos procedimentos cirúrgicos, o anestesista irá optar pela anestesia mais segura, que pode ser geral ou peridural com sedação.

Normalmente, quanto tempo dura um procedimento de cirurgia plástica combinada?

Depende do cirurgião plástico e dos procedimentos cirúrgicos a serem realizados. Eu gasto, em média, em uma cirurgia dupla de 4 a 5 horas de ato cirúrgico. E a tripla, de 5 a 6 horas. Porém, tem sempre as variações. Por exemplo, se eu fizer uma lipoaspiração e prótese em uma mulher magra, posso gastar cerca de 2 horas e meia.

Os resultados das cirurgias combinadas são mais satisfatórios? Quais as vantagens?

Tanto o resultado de cirurgias realizadas separadamente quanto o das cirurgias combinadas são satisfatórios. A diferença é que as cirurgias combinadas têm um único pós-operatório e podem trazer os resultados de uma só vez. Por exemplo, se uma paciente coloca prótese e faz abdominoplastia, ela verá os dois resultados de uma vez.

Os riscos são maiores para a mulher que se submete a mais de um procedimento cirúrgico de uma só vez?

Não temos dados estatísticos para responder a essa questão. O que posso dizer é que cada procedimento cirúrgico tem seu risco, que deverá ser avaliado pelo cirurgião plástico antes da cirurgia.

A equipe que opera é a mesma de uma cirurgia plástica única? Qual a composição?

É a mesma equipe. A composição é cirurgião plástico, o auxiliar cirurgião, a instrumentadora e o anestesista.

Como funciona o pós-operatório? O tempo de recuperação é maior? São necessários mais cuidados?

Cada tipo de cirurgia requer cuidados específicos. Logo, se a pessoa fez dois ou três procedimentos cirúrgicos combinados, ela vai necessitar de determinados cuidados para cada um deles. Costumo dizer que a média de recuperação é de 30 dias. Geralmente, após esse período, a paciente pode retornar às atividades normais. Entretanto, em casos específicos, o médico poderá liberar a volta de certas atividades antes dos 30 dias e outras só serão permitidas após esse período.

É possível aproveitar a cirurgia de cesariana para realizar um procedimento de cirurgia plástica? Por quê?

Não. Na cirurgia cesariana não se pode fazer outro procedimento de cirurgia plástica, pois aumenta muito o risco de complicação. Não é adequado e não é seguro.

Esse conteúdo foi feito em parceria com

Dr. Fábio Martins da Silveira


Conheça mais dele