Saiba como se comportar nas visitas ao recém-nascido
Após acompanhar de perto a gestação da irmã, da melhor amiga ou da colega de trabalho fica iminente a vontade de conhecer logo o recém-nascido. Ver com quem se parece e encher a todos de elogios. Mas é um momento de muitas mudanças e novidades para a toda a família. Cuidado para não cometer algumas gafes que não vão deixar uma recordação tão boa assim.

Publicidade

No hospital ou em casa?

Algumas mães preferem receber as visitas ainda no hospital, por poder contar com o suporte das enfermeiras para os cuidados com o bebê, por não precisar se preocupar com a organização e a limpeza da casa, nem com o que servir. Outras, acham os primeiros dias muito cedo, porque ainda estão conhecendo o bebê e preferem reservar esse momento íntimo apenas para a família. Para saber qual é o caso, pergunte.

Ligue antes

Visitas surpresas não são nada agradáveis nessa ocasião. Ligue antes de aparecer e combine com a família o melhor horário. Já pensou tocar a campainha bem na hora da soneca do bebê? Este é um dos poucos momentos que a mãe tem para descansar nesses primeiros meses.

Evite ir em horários de refeições

A rotina alterada dificulta a organização das refeições. Então, evite combinar visitas em horário de almoço ou jantar. Mesmo que você deixe claro que não espera que os anfitriões sirvam nada, eles podem se sentir frustrados por não conseguirem oferecer algo.

Não leve crianças

Se você tiver outra opção, não leve crianças para visitar o recém-nascido. Isso porque os pequenos podem fazer muito barulho ou querer pegar o bebê e beijá-lo sem parar, deixando os novos pais em desespero e você em uma situação constrangedora.

Não vá se estiver doente

Como o bebê acaba de chegar ao mundo, ainda não tem o sistema imunológico completamente desenvolvido, nem tomou todas as vacinas. Por isso, ele fica mais suscetível a ação de vírus e bactérias. Melhor se recuperar totalmente antes de conhecer o recém-nascido.

Higiene

A maior parte das mães de recém-nascidos deixa bem aparente para as visitas um frasco de álcool-gel. Não é frescura, nem exagero. Mesmo que elas não tenham um pote para oferecer, lembre-se de lavar sempre as mãos.

Seja rápida

Para demonstrar o seu carinho para o bebê e sua família, a visita não precisa levar horas e horas. O bebê pode ter tido cólica a noite inteira e, muitas vezes, os pais precisam descansar, em vez de fazer sala. A não ser, é claro, que eles peçam para você ficar - e aí, cabe a você a sensibilidade de interpretar se o pedido é real ou se foi feito apenas por educação.

Nada de palpites

Tudo o que uma nova mãe não precisa é de palpites. Nunca. Conselhos inconvenientes podem deixá-la irritada, insegura, triste... Portanto, evite ao máximo frases como "Dá uma mamadeira. Esse bebê deve estar com fome", "Coloque-o no berço, se não vai ficar mal acostumado" ou "Deixa chorar um pouco. Faz bem para os pulmões".

Fotos, só se os pais permitirem

Diante de tanta fofura, a vontade de fazer uma foto e postar nas redes sociaisé quase incontrolável. Mas só tire fotos e publique na internet se os pais permitirem.