Como tornar sua casa segura para as crianças?
Criança mexe em tudo mesmo! Sobe na estante, equilibra-se no armário, tenta pegar panelas no fogão, leva o dedinho a tomada... Ufa! São tantas as situações perigosas dentro de casa que os pais precisam ficar atentos, afinal a infância é um período de curiosidades e descobertas, e os pequenos querem explorar o ambiente à sua volta. Para que essa fase seja segura, é preciso que os pais se conscientizem que muitos dos acidentes na infância ocorrem dentro de casa e podem ser evitados com a adoção de algumas medidas preventivas. Cabe a eles construírem um ambiente que permita à criança desenvolver-se de forma saudável e em segurança. Confira algumas dicas:

Publicidade

No quarto

- O berço deve ter certificado do Inmetro, com grades de proteção fixas e não ter mais que 5 cm de distância entre elas. Retire o plástico do colchão e do berço antes de colocar a criança.

- A cama deve grade de proteção até que ela complete 5 anos.

-  As Janelas precisam ter grades de proteção de modo que a criança não consiga abrir.

- O tapete deve ser preso no chão com fita adesiva.

- Medicamentos e produtos de higiene devem ficar fora do alcance da criança, em gavetas ou armários trancados.

Na cozinha

- A cozinha é o lugar mais perigoso da casa. Não permita que seu filho fique lá sozinho. Não cozinhe com a criança no colo ou perto do fogão.

- Use as bocas de trás do fogão com o cabo das panelas virados para o centro. Instale uma proteção para impedir que a criança abra o gás ou a porta do forno. Nunca deixe fósforos ao alcance dela.

- Facas, objetos cortantes e sacos plásticos devem ficar fora do alcance de crianças. Seu filho pode ver naquilo um brinquedo e não saber do perigo que corre.

- A criança pode puxar uma das pontas da toalha de mesa e derrubar objetos sobre ela. Para evitar, deixe a toalha sempre rente à mesa ou use jogos americanos.

Na sala

- Use protetores especiais nas tomadas, para evitar que as crianças coloquem os dedos ou outros objetos. Não deixe os fios de aparelhos eletrônicos ao alcance dos pequenos.

- Instale os aparelhos eletrônicos sobre móveis firmes, de forma que as crianças não consigam puxar.

- Atenção a mesinha de centro. Mesas de vidro ou com quinas afiadas não devem ser utilizadas em hipótese alguma. Prefira móveis com cantos arredondados ou coloque protetores macios.

- Como quedas são a principal causa de atendimento de criança de 0 a 9 anos no SUS, os pais devem redobrar o cuidado com escadas e janelas. As escadas devem ter grades no topo e na base e as janelas devem ser travadas e possuírem tela de proteção.

Banheiro

- O banheiro é uma área que se deve tomar muito cuidado. O piso pode ficar escorregadio e causar quedas. Por isso, é essencial que o piso seja antiderrapante.

- A tampa do vaso sanitário deve estar sempre fechada para evitar que crianças pequenas se desequilibrem e caiam lá dentro, sem conseguir voltar, porque a cabeça pesa mais que o corpo.

- Não deixe o bebê sozinho na banheira por nada. Uma criança levar 10 segundos para ficar submersa na água se deixada sozinha e 2 minutos para ficar inconsciente. Assim que terminar o banho, retire a água. Bebês podem se afogar facilmente.

- Se houver box de vidro no banheiro, este deve ser bem sinalizado para evitar colisão.

- Secadores e lâminas devem ser guardados longe dos pequenos. Evite deixá-los pendurados ou com fios próximo ao chão.

- Os medicamentos e cosméticos devem ser mantidos num local em que a criança não tenha acesso: armários trancados ou locais altos e seguros.