7 dicas de educação financeira para crianças
Dinheiro e criança: uma relação que não tem nada a ver? É aí que muitos pais se enganam e depois não entendem porque os filhos se tornam consumistas ou não sabem a importância do dinheiro.

Publicidade

 

Falar de dinheiro com crianças nem sempre é fácil. Questões como trabalho e salário não fazem parte da rotina delas. Ensinar para os filhos o valor das coisas é responsabilidade dos pais, mas se lidar com dinheiro é complicado para adultos, passar esse conhecimento para crianças é uma tarefa bem mais delicada.

 

A educação financeira para crianças começa ainda no berço, com valores que vão interferir na maneira de o pequeno lidar com as finanças, afirma a educadora financeira e palestrante, com mais de 20 anos de experiência como executiva e empresária, Ana Paula Hornos, em entrevista ao canal do Manual da Mamãe no YouTube.

 

No bate-papo, ela lista de maneira bem didática os 7 princípios básicos da educação financeira infantil: gratidão; cuidado e respeito; valor do trabalho; doação; paciência; prioridade; e autonomia com interdependência.

 

Quer entender qual a relação deles com o futuro equilíbrio financeiro do seu filho ou como dizer não frente a tantos pedidos de presentes ou ainda sobre o melhor valor para a mesada? Assista ao vídeo completo:

 

https://www.youtube.com/watch?v=SnUUfA7L5Go&t=25s