5 sintomas curiosos da gravidez
É normal toda mãe ter sintomas durante a gravidez, seja um enjoo matinal ou até mesmo muito sono durante o dia. Cada mãe tem um sintoma diferente e, geralmente, quando acontece algo muito estranho como, desconforto abdominal ou sensibilidade dental, gera preocupação nas gestantes. Pensando nisso, o Manual da Mamãe separou cinco sintomas que podem ser mais comuns do que se imagina.

Publicidade

Inchaço e crescimento dos pés

Durante a gravidez, a maioria das mães sentem que os pés incham e algumas percebem um crescimento após o parto. Isso acontece porque os hormônios relaxam e soltam os ligamentos na pélvis para ajudar no nascimento do bebê, causando achatamento ou até um comprimento maior dos pés. Mas fique tranquila, isso pode ser apenas um efeito temporário!

Congestão, sangramento nasal e ronco

Além dos pés, existem mamães que tem hormônios que incham o nariz e consequentemente diminui a circulação de ar. Com isso, ocorre um ressecamento que é agravado em tempos secos. Por isso, enquanto o bebê não nasce, você pode se aliviar com soluções nasais e umidificadores. Depois do parto, tudo volta ao normal!

Problemas com veias

Por conta do volume de circulação do sangue que aumenta 50% quando se está próximo das 20 semanas, alguns vazinhos estouram nas pernas e nos pés, causando dor e inchaço que podem ser diminuídas ao elevar as pernas ou com o uso de meias de compressão. Em algumas exceções, ocorre distenção saliente na região anal em consequência do peso do bebê e do aumento da pressão venal. Mas, para isso há soluções como almofadas medicinais, cremes e banhos quentes, que são suspendidos depois do parto pois tudo se suaviza.

Desconforto dental

As mudanças nos níveis de progesterona e estrógeno juntamente com o aumento do fluxo sanguíneo causa inchaço nas gengivas e sensibilidade dental o que torna o sangramento ao passar fio dental ou ao escovar os dentes algo normal. Porém quando esse sangramento passa a ser excessivo e começa a acontecer independente do contato com a escova de dente ou com fio dental, deve-se consultar um dentista. Isso é algo importantíssimo a ser tratado, porque ao mesmo tempo que pode ser só uma gengivite, inflamação na gengiva ou periodontite, pode também ser  uma severa condição que afeta os ligamentos próximos e o osso, e que pode estar associada a um alto risco de parto prematuro.

Incômodo abdominal

Além dos hormônios em excesso que dificultam a transição do alimento do estômago até o intestino, as vitaminas do pré-natal contém ferro e ainda faz com que o seu corpo absorva muita água. Com isso, a passagem do alimento pelo intestino pode se tornar mais complicada e fazer com que ele fique preso. Por isso, beba muito líquido, alterne suas vitaminas com vitaminas sem ferro, coma fibras e alimentos saudáveis. E lembre-se, nada de laxantes!