5 dúvidas de quem está pensando em engravidar na pandemia

Escolher gerar um bebê em meio à pandemia do novo coronavírus implica uma série de incertezas. Afinal, um turbilhão de dúvidas podem aparecer: se eu engravidar, posso tomar vacina? É preciso um isolamento total da gestante? Para te ajudar na decisão de aumentar ou não a família por agora, confira as respostas dessas e de outras perguntas:

1. Se eu engravidar, posso tomar a vacina?
As sociedades médicas recomendam que a decisão de tomar a vacina seja individualizada e considere o risco de cada mulher, de acordo com fatores como sua localidade, profissão e chance de contágio. Até o momento, não foi reportada nenhuma reação grave da vacina em gestantes, mas com poucos estudos ainda, a decisão deve ser tomada em conjunto com o médico da grávida.

2. Se eu for infectada com a Covid-19 meu bebê também será?
A transmissão vertical da doença, ou seja, da gestante para o bebê, continua sendo uma incerteza. Já tiveram casos de recém-nascidos positivos, mas sem comprovação de que o contágio tenha sido placentário. Um novo estudo identificou que grávidas contaminadas transmitiram anticorpos para os bebês, o que faria com que chegassem ao mundo imunizados.

3. Como fica o pré-natal?
Mesmo na pandemia, a gestante não deve deixar de fazer nenhum exame e precisa seguir o pré-natal, afinal existem outras doenças que podem afetar a gestação. Algumas consultas podem ser realizadas por vídeo caso o médico ache melhor, e para os exames presenciais, o ideal é optar por horários e ambientes com menos circulação de pessoas.

4. É preciso isolamento total na gestação?
O isolamento deve ser priorizado, porém, os cuidados são os mesmos. As grávidas em profissões de alto risco devem repensar a rotina com um afastamento, mudança de função ou home office.

5. Como fica a rede de apoio?
Ajuda é sempre bem-vinda desde que as medidas de prevenção sejam seguidas e a pessoa que vai ajudar nos primeiros dias com o bebê esteja mantendo isolamento. Outros familiares e amigos pode ajudar enviando uma refeição, comprando fraldas ou ligando para apoiar emocionalmente a puérpera.

Publicidade

Via Site Bebê

 

Para mais conteúdo, siga o Manual da Mamãe no Instagram @manualdamamae 

Acesse também nossa página no Youtube: youtube.com/manualdamamae 

Você pode contar também com o curso Estou Grávida, e Agora? São videoaulas para acabar com todas as inseguranças da gestação e dos primeiros cuidados com o bebê. Saiba mais em: www.manualdamamaeip.com