10 nomes antigos que estão voltando à preferência dos pais

Eles vão e voltam. A tendência na escolha de nomes de bebê é como a moda, vive de ciclos. Agora, por exemplo, nomes antigos voltam a ganhar força e ocupar os rankings dos mais escolhidos em várias partes do mundo. Além de clássicos e com belas pronúncias, eles trazem significados marcantes. Separamos cinco opções para menino e cinco para menina. Inspire-se:

MENINAS

Rosa: além de remeter à cor, a palavra designa uma das flores mais significativas da cultura ocidental (a rosa branca, por exemplo, é associada à pureza, enquanto que a vermelha está ligada à paixão). Ela ainda corresponde à deusa da mitologia grega, Afrodite, e é símbolo de Maria para os cristãos.

Clarice: derivado do latim claritia, o nome é usado para pessoas destinadas à fama e à popularidade. E falando nisso… uma das personalidades mais marcantes da literatura nacional é justamente Clarice Lispector, escritora e jornalista conhecida por suas obras ricas.

Amélia: “trabalhadora” ou “ativa” são significados possíveis para esse nome charmoso, que encontra grande prevalência na França sob a forma de Amélie.

Esther: significa “astro” ou “estrela”, além de ser chamada desta forma uma deusa babilônica que correspondia à Vênus, representação da beleza para os romanos.

Publicidade

Tereza: escrito com “s” ou “z”, o nome designa uma pessoa responsável pela colheita e pode significar também “natural de Tera”, uma antiga ilha na Grécia. Nos países católicos, o termo gracioso ganhou.

MENINOS

Júlio: embora seja considerado um nome mais antigo, sua tradução diz o oposto: sim, “cheio de juventude” é o significado do termo latino que vem ganhando espaço entre as certidões de nascimento!

Antônio: o nome, que designa o santo “casamenteiro”, tem origem no latim e se refere “àquele que floresce e tem valor inestimável”.

Samuel: vem ano, vai ano e Samuel continua a bombar (mesmo sendo considerado mais antiguinho). Ele esteve entre os mais populares da última década. O nome encontra correspondência na Bíblia e tem um significado bastante emblemático: “o que fala em nome de Deus”.

Edgar: comum entre reis e príncipes nos séculos passados, Edgar une duas palavras alemãs (ead, que quer dizer “riqueza”, e gar, traduzida como “lança”). Por conta disso, o nome se refere a alguém que protege seus bens e fortunas com uma lança, refletindo características de determinação e fidelidade.

Bernardo: derivado do germânico, o termo tem tradução marcante, referindo-se a uma pessoa “forte como urso” e, por extensão, remetendo a outras características positivas, como destreza e valentia. Para os pais que preferirem uma opção mais “moderninha” podem optar por Bernard, versão parecida e que tem o mesmo significado.

 

Para mais conteúdo, siga o Manual da Mamãe no Instagram @manualdamamae 

Acesse também nossa página no Youtube: youtube.com/manualdamamae 

Você pode contar também com o curso Estou Grávida, e Agora? São videoaulas para acabar com todas as inseguranças da gestação e dos primeiros cuidados com o bebê. Saiba mais em: www.manualdamamaeip.com