Maus hábitos e a saúde bucal do bebê
Chupar chupeta, chupar o dedo, tomar mamadeira, respirar pela boca... hábitos comuns no dia a dia das crianças podem ser mais prejudiciais do que as mamães imaginam. Estes podem acarretar sérios problemas na formação da arcada dentária, trazendo consequências para o resto da vida se não houver tratamento adequado. “O ideal é ter, desde cedo, o acompanhamento periódico do ortodontista que, ao identificar qualquer alteração no desenvolvimento da arcada dentária, poderá tratá-la, evitando seu agravamento futuro e permitindo que as crianças tenham um desenvolvimento normal”, afirma a ortodontista Dra. Bruna Póvoa. Abaixo, a especialista informa o que os hábitos ruins podem causar:

Publicidade

 

• Quando a criança chupa a chupeta por um tempo prolongado pode causar mordida aberta, que é a falta de contato entre os dentes anteriores.

• A criança que chupa o dedo pode apresentar, além da mordida aberta, também a mordida cruzada posterior, que é quando a arcada superior fica mais estreita em relação à inferior. Esta mordida cruzada pode guiar a mandíbula para uma posição errada, estimulando um crescimento maior de um lado que do outro, podendo causar assimetrias faciais.

• O aleitamento materno, quando substituído pela mamadeira, faz com que o desenvolvimento mandibular não seja estimulado e pode ocasionar dificuldades posteriores na mastigação, na fala e na respiração.

• A respiração bucal também pode estar associada a algumas má-oclusões (desvio do encaixe correto entre os dentes). As causas principais são as obstruções das vias aéreas superiores e algumas características associadas são boca entreaberta, olheiras acentuadas, baixo rendimento escolar, ser inquieto e sonolento.

Problemas na arcada dentária gerados por hábitos podem ser corrigidos com a utilização de aparelhos específicos e o tratamento deve ser realizado pelo ortodontista. Prevenir esses problemas é possível quando hábitos saudáveis são adotados logo cedo.