Mais segurança nos cuidados com o bebê
     Ora mais agudos, ora mais insistentes, ora mais manhosos... Como não podem fazer nada sozinhos, os bebês choram para conseguir a comida, o calor e o conforto de que precisam. Nos primeiros dias, isso pode ser assustador e as mamãe, sim, é quem podem ficar em prantos com tanta insegurança. A NeoBaby, empresa especializada em amamentação e cursos para gestantes, também possui serviço de atendimento domiciliar, a fim de ajudar nas dúvidas que surgem no retorno para casa. Algumas, a equipe adianta aqui no Manual da Mamãe:

Publicidade

     Decifrando o choro: os motivos do choro do bebê são variados: fome, fralda suja, sono, calor, frio, desconforto abdominal, posição desconfortável, estresse, entre outros. Aprender a identificar o que está causando o choro pode não parecer simples no início e até causar ansiedade e estresse nos pais, mas lembre-se que é a única forma do bebê se expressar e demonstrar suas vontades. A convivência ajudará na identificação dos motivos e quais as maneiras de satisfazer as necessidades do bebê. Quando o choro começar, verifique os aspectos físicos primeiro. Se continuar, algumas vezes a atitude de pegar no colo, conversar e transmitir segurança e proteção acalmará o bebê. Se suspeitar que a causa seja dor, não ofereça medicamentos sem a prescrição do pediatra.

     Cólicas: os bebês podem ter desconforto abdominal nos primeiros três meses de vida, devido à imaturidade do sistema gastrointestinal. Fazer massagem na barriguinha, no sentido horário ao redor do umbigo, ajuda com que o intestino se movimente corretamente e o bebê eliminará mais gases. No momento da dor, aplicar calor no abdômen traz conforto. Use um saquinho de sementes ou bolsa de gel aquecidos. A criança alimentada exclusivamente com leite materno nos 6 primeiros meses de vida tende a ter menos cólica, devido à fácil digestão.

     Amamentação: para promover a saúde do bebê, o leite materno é o melhor alimento a ser oferecido logo após o nascimento. É completo e seguro, protege contra infecções diversas, permite melhor aproveitamento dos nutrientes e diminui as chances de desenvolvimento de alergias. No início da amamentação, o ideal é oferecer o seio ao bebê sempre que ele solicitar. Aos poucos, a própria criança vai estabelecendo uma rotina de mamadas.

A NeoBaby pode ajudar

Além do serviço de atendimento domiciliar mencionado no início da matéria, a NeoBaby também oferece orientação e ajuda prática com: Cuidados com Recém-Nascidos (banho, sono, cólicas, posição no berço e para arrotar, uso do bebê conforto; engasgos, febre, etc.); e Avaliação da Amamentação (como amamentar e superar dificuldades, mamas ingurgitadas, fissuras e mastites, pega correta do bebê, pouco leite, mamoplastias e próteses, manutenção do aleitamento materno, volta ao trabalho e amamentação; esgotamento e armazenamento do leite ordenhado).