Acompanhamento pediátrico é fundamental
A orientação pediátrica é importante para cuidar da saúde do bebê em todos os aspectos: nascimento, desenvolvimento, alimentação, comportamento, doenças e, sobretudo, prevenção. Mais do que um médico, o pediatra é um parceiro no desenvolvimento da vida da criança e do adolescente. É com ele que os pais contam para se sentirem acolhidos em suas dúvidas e anseios, desde os primeiros momentos da vida dos seus filhos. “O acompanhamento periódico e as consultas de rotina servem para identificar quais os riscos que a criança poderá ter e evitar ou tratar eventuais problemas com antecipação”, informam os pediatras da Pediatria em Casa Dr. Henrique Gomes e Dr. Gustavo Medeiros.

Publicidade

A escolha do especialista deve ser levada a sério. Segundo os pediatras, é indicado que a escolha ocorra antes do nascimento,  entre o sétimo ou oitavo mês de gestação, para que a mãe tenha a oportunidade de se aproximar do profissional. “É sempre bom ouvir indicações e opiniões de amigos e do próprio obstetra na hora da escolha. Assim, você se sentirá mais segura. E é certo que o vínculo criado entre os pais e o especialista se torna primordial durante toda a fase da infância e, portanto, é fundamental que ele se baseie em valores, como respeito, confiança e transparência”, destacam.

Na hora da escolha, a mãe deve observar a reputação do especialista, a flexibilidade de horário, a facilidade e disponibilidade em caso de emergências, o valor das consultas e benefícios oferecidos e a localização do consultório, para maior comodidade e segurança. Caso aconteça algum imprevisto durante as visitas ao pediatra ou você não goste muito do atendimento dele, não hesite em trocar de médico; nesta hora o seu bem-estar e o do seu filho são primordiais.

O bebê precisa de acompanhamento médico desde os primeiros dias de vida. “Durante os primeiros seis meses, as visitas ao pediatra devem ser regulares, ao menos uma vez por mês. Depois que ele fizer seis meses, você pode passar a levá-lo ao pediatra a cada três meses. Esse tempo pode variar de acordo com a saúde e condição de cada criança.” A consulta serve para avaliar o estado de saúde e o desenvolvimento do bebê, além, é claro, de tirar todas as dúvidas dos pais.

Segundo os profissionais, o pediatra também é o responsável por alertar sobre as vacinas e checar o peso e a estatura do bebê, para ver se ele se desenvolve corretamente. A visão e a audição também devem ser checadas regularmente, pois a avaliação antecipada de algum possível problema pode evitar uma série de frustrações, doenças e sequelas. A escolha acertada do pediatra e a importância da confiança que a mamãe deposita nele são fundamentais para que a criança cresça saudável. “Para ter saúde, é essencial que o início de uma vida tenha o acompanhamento pediátrico.”