A primeira visita ao dentista
Pode até parecer estranho num primeiro momento, mas a primeira consulta do bebê ao dentista deve acontecer antes dos dentinhos nascerem. Isso mesmo. Pois é nesta fase que, normalmente, surgem muitas dúvidas quanto aos cuidados de higiene bucal do bebê. “É no primeiro ano de vida que se estabelecem os hábitos de higiene oral, amamentação, alimentação que, em desequilíbrio, poderão levar ao aparecimento de cáries e problemas gengivais. E os pais precisam ser bem-informados sobre esta fase”, explica a odontopediatra Dra. Renata Pinheiro.

Publicidade

Os pais, que são os verdadeiros responsáveis pela saúde bucal da criança, precisam estabelecer uma relação de parceria com o dentista de seu filho, acompanhando todo o tratamento odontológico e a atuação do profissional com a criança. “É importante também que tenham suas dúvidas esclarecidas e que recebam todas as informações relacionadas ao desenvolvimento de uma boa saúde bucal de seu filho”, acrescenta.

De acordo com a Dra. Renata Pinheiro, nesta primeira visita ao dentista, são feitas perguntas gerais sobre a saúde da criança e, em seguida, são dadas orientações aos pais sobre a saúde odontológica, para que se conheça o risco que a criança tem de desenvolver problemas bucais. O próximo passo é o exame para conhecer a situação atual de desenvolvimento da boquinha do bebê. “Quanto mais cedo os procedimentos preventivos que incluem atendimento clínico e orientações aos pais são iniciados, maior a chance de a criança crescer sem cáries e com o mínimo de problemas oclusais.”

Fique atenta à higiene bucal de seu filho:

• Inicie a higienização da boca do bebê, mesmo antes de nascer os primeiros dentinhos, com um paninho úmido depois de mamar.

• O primeiro dentinho que aparecer já deve ser escovado duas vezes ao dia com uma escova de dentes infantil, de cerdas bem-macias e cabeça emborrachada.

• Estimule a criança a ter hábitos de alimentação saudável, como o consumo de frutas e verduras.