9 dicas para prevenir a morte súbita infantil
Pode parecer óbvio querer encher o berço da criança com cobertores e travesseiros macios, há pais ainda que deixam bichinhos de pelúcia dentro do berço. O que muitos não sabem é que esse hábito é perigoso e coloca a vida do filho em risco. A Síndrome da Morte Súbita Infantil é quando a criança morre durante o sono, sem nenhuma razão aparente.

Publicidade

Apesar de os reais motivos ainda serem uma incógnita para a medicina, ao longo de anos, médicos, especialistas e pesquisadores reuniram indícios de situações que potencializam esse tipo de acontecimento. Colocar o bebê para dormir com cobertores macios, travesseiros e protetores de berço são alguns deles.

Nos Estados Unidos, uma pesquisa recente, publicada pelo jornal Pediatrics, divulgou que 55% dos bebês ainda dormem dessa maneira.  A recomendação dos médicos, no entanto, é colocar apenas o recém-nascido no berço, em um colchão adequado.

A morte súbita:

Entre o 2° e 4° mês é quando geralmente acontece.  As maiores incidências são no inverno, acredita-se que pelo excesso de agasalho. Isso porque, além do aumento excessivo na temperatura corporal, estes objetos facilitam a asfixia. Dormir com a barriga voltada para cima  é a posição mais indicada para os bebês de até um ano, mesmo os que sofrem de refluxo.  Pois, além de permitir que o bebê respire melhor, a posição diminui o risco de engasgo. (durante o dia, mude a posição para evitar danos ao crescimento cerebral)

Previna:

1. Coloque o bebê para dormir sempre em decúbito dorsal, ou seja, de barriga para cima

2. Escolha um colchão firme, nem mole, nem duro demais

3. Evite colocar bichos pelúcia, travesseiros, cobertores e protetores no berço

4. Faça o pré-natal correto

5. Diga não ao tabagismo

6. Não beba nem use medicação por conta própria durante a gravidez

7. Amamente.

8. Não exagere no cobertor. Uma "camada" de roupa a mais do que a sua é suficiente. Evite cobrir a cabeça e as mãos do bebê, pois as extremidades são o canal utilizado pelo corpo para regular a temperatura

9. Espalhe as informações e faça com que todas as pessoas que participam dos cuidados com o bebê saibam das recomendações.