6 sinais para identificar a cólica
 Se o seu bebê nunca sofreu com temidas cólicas, sinta-se uma mãe sortuda. Cerca de 75% dos bebês nos primeiros três meses de vida sofrem com as dores abdominais. Elas e vem sempre no mesmo horário, geralmente no início da tarde ou durante a noite, entre as 06h00 e a meia-noite.

Publicidade
As cólicas chegam com o choro, sem avisar! E acaba interferindo no sono do bebê. Os bebês têm cólicas, pois possuem um sistema digestivo ainda imaturo, em desenvolvimento.

Será que é cólica?

- O bebê chora sem parar

- Você já o alimentou, trocou a fralda, verificou se não era frio ou calor, e mesmo assim seu filho continua chorando

- Ele se contorce e flexiona as perninhas em direção ao abdome

- A barriga fica endurecida e ele elimina gases

- O rosto fica avermelhado

- As mãos ficam com os punhos fechados

Até quando elas vão aparecer?

Esse mal-estar dura em média três meses, o tempo que o organismo do bebê leva para amadurecer o mecanismo da digestão. Já que aos 3 meses o bebê completa um ciclo de 12 meses desde a fecundação, ou seja, 1 ano de vida considerando a vida intra-uterina. É nessa fase que ele deixa de ser um recém-nascido. É por isso que no quarto mês, cérebro e intestinos já se entendem melhor e as cólicas deixam de ocorrer.

A dieta da mãe interfere caso o bebê se alimente de leite materno ( evite produtos lácteos, suplementos dietéticos, chocolate, nozes, soja, citrinos, cafeína - café, chá, coca-cola - cebola, alho, condimentos, especiarias, repolho e outros alimentos potencialmente irritantes.)

O que fazer para evitar?

- Bebê confortável: Não interrompa o sono do bebê e o deixe em um ambiente calmo. Passear pode deixá-lo mais calmo também. Movimentos oscilatórios suaves, passear, falar baixinho ou colocar o bebê num local onde possa ouvir a máquina de secar roupa, uma ventoinha ou música também o ajuda a descontrair.

- Não alimente o bebê em excesso: Esperar, pelo menos, 2 a 2 horas e meia a partir do início de uma mamada para o início da próxima.

- Certifique-se que o bebê arrota entre cada mamada.

- Experimente deitar o neném de barriga para baixo sobre os seus joelhos e esfregue suavemente as suas costas. A pressão na barriga do bebé pode ajudar a confortá-lo.