7 mitos sobre o sono do bebê
Com o sonho de ver o bebê dormindo a noite inteira, papais e mamães colecionam diversas táticas para conseguir essa tão esperada noite de sono. Porém, muitas delas podem ter o efeito contrário. A consultora de maternidade e sono do bebê Patrícia Tsukada lista a seguir sete mitos sobre o sono do bebê para que você não continue cometendo os mesmos erros:

Publicidade

Mito 1: Deixar o bebê exausto vai fazer com que ele durma a noite toda

Realidade: o excesso de cansaço provoca dificuldade para adormecer, para manter o sono ao longo da noite e aumenta as chances do bebê acordar bem cedo.

Mito 2: Colocar o bebê para dormir tarde da noite para que ele não acorde muito cedo

Realidade: ao manter seu bebê acordado até tarde da noite ele ficará mais cansado e, consequentemente, terá dificuldade em adormecer e relaxar. Dessa forma, aumenta as chances do bebê acordar bem mais cedo.

Mito 3: Adicionar cereal à mamadeira vai ajudar o bebê dormir durante a noite

Realidade: não há realmente nenhuma evidência de que a adição de cereais à mamadeira ajudará o bebê a dormir a noite inteira, isso só aumenta a quantidade de calorias que o bebê consome.

Mito 4: Manter o ambiente em completo silêncio

Realidade: os recém-nascidos não se incomodam com o barulho, pois ouviram um ruído alto 24h por dia e 7 dias por semana enquanto estavam no útero da mamãe, o famoso “white noise” ou “ruído branco” que, na realidade, conforta o bebê relembrando o útero.

Mito 5: Dar ao bebê fórmula infantil para ele dormir a noite toda

Realidade: a fórmula infantil leva mais tempo para ser digerida e pode causar desconforto ao bebê. Se ele não tem uma boa alimentação ao longo do dia, seja com leite materno ou com introdução de sólidos, não será a mamadeira de fórmula infantil à noite que fará o bebê dormir a noite toda.

Mito 6: Bebês que se alimentam de sólidos dormem a noite inteira

Realidade: não há nenhuma pesquisa que comprove isso. Alguns estudos científicos indicam que a introdução precoce de sólidos pode desencadear alergias alimentares. É normal e esperado que os bebês menores de seis meses acordem durante a noite para serem alimentados.

Mito 7: Eliminar as sonecas ao longo do dia

Realidade: se o bebê não faz sonecas regulares ao longo do dia de acordo com a faixa etária, fica cansado e superestimulado. Um bebê assim possui mais dificuldade para adormecer. Parece que luta para dormir e acorda mais facilmente e, consequentemente, pode acordar várias vezes durante a noite.