Homeopatia na gravidez
O que a homeopatia pode fazer por nós, mamãe e bebê?” É bem provável que essa pergunta tenha passado pela cabeça de bem poucas gestantes. Mas saiba que em paralelo com o pré-natal com o obstetra, a gestação pode e deve ser acompanhada por um homeopata, sem que haja conflitos.

Publicidade

De acordo com o médico homeopata Dr. Flávio Orsini Filho, ainda pouco conhecida, a homeopatia é uma terapêutica eficaz e segura para as grávidas, apresentando inúmeros benefícios durante todo o período de gestação até o parto.

O especialista explica que os medicamentos homeopáticos são muito indicados na resolução dos pequenos males que afetam o dia a dia da gestante, como náuseas, insônia, obstipação intestinal, câimbras, hipertensão arterial, ansiedade e vários outros sintomas que podem incomodar a mulher neste momento tão particular. “Não há impedimento para que o medicamento homeopático seja utilizado desde o primeiro mês da gestação, pois ele nunca acarretará efeitos colaterais, já que não existe consequências toxicológicas dos medicamentos, pois são diluídos em doses infinitesimais”, esclarece.

Por outro lado, o medicamento homeopático pode ser usado de maneira eficaz durante a gravidez, não apenas no sentido de aliviar um sintoma, mas também “desarmando” tendências de algumas doenças que poderiam surgir sem o tratamento adequado. “E isso vale tanto para a futura mamãe quanto para seu bebê - ainda dentro do ventre materno. Além de todos os benefícios para a gestante, o tratamento homeopático irá gerar uma criança menos propensa a adoecer.”

O Dr. Flávio Orsini ressalta ainda que o acompanhamento com o médico homeopata não precisa terminar quando o bebê nascer. Conforme ele explica, a homeopatia ajuda ainda em fases importantes desse processo, como no pré e pós-operatório, por exemplo, facilitando a cicatrização e diminuindo o sangramento, favorecendo a contração uterina e recuperando mais rapidamente a mamãe.

“A recém-mamãe também pode se beneficiar do tratamento homeopático para ajudar na produção e descida do leite materno, prevenir o quadro de depressão pós-parto e muitas outras situações que, se não forem diagnosticadas a tempo pelo seu médico de confiança e tratadas adequadamente, podem tirar um pouco da emoção e da imensa felicidade de ser mãe”, orienta.

 

Homeopatia

A homeopatia como especialidade médica tem uma visão integrada do ser humano, vendo-o como um todo, em que corpo e mente são indissociáveis. Este método segue os princípios de Hipócrates, de 2.500 anos atrás, quando ele dizia “tratar o doente e não a doença”.