Evite desconfortos na gravidez
 Durante a gestação é comum as futuras mamães sentirem desconfortos. A saúde delas e de seus bebês depende muito de uma nutrição adequada. A especialista em Nutrição Clínica Esportiva e Funcional Dra. Pollyanna Ayub traz algumas dicas nutricionais, essenciais para as gestantes.

Publicidade

Confira:

Náuseas e vômitos: São frequentes no primeiro trimestre e tendem aliviar na 13ª e 14ª semana gestacional. Para reduzir o desconforto é importante: aumentar o fracionamento e diminuir o volume das refeições; não permanecer muito tempo em jejum; ingerir alimentos secos e sólidos; preferir alimentos com baixo teor de gordura; trocar o pão por biscoito ou torrada; acrescentar uma pequena fatia de gengibre em sucos, sopas e saladas; ingerir alimentos nutritivos no período em que não apresente náuseas, para que tenha um suporte de energia e nutrientes; dar preferência aos alimentos fontes de vitamina B6, como banana, produtos integrais, peito de frango, leite e aveia.Constipação intestinal: Esse sintoma pode ser recorrente ao tempo de trânsito intestinal prolongado, erro alimentar, sedentarismo, entre outros. Para esse sintoma a gestante deverá: consumir produtos integrais, como pães, arroz, biscoitos e macarrão; ingerir no mínimo dois litros de água nos intervalos das refeições; praticar atividade física após a liberação médica; criar um horário específico para ir ao banheiro; consumir frutas, legumes e verduras, não se esquecendo das frutas secas como ameixa, damasco e figos.

Azia: O sintoma de queimação é bastante comum após as refeições e à noite, devido à pressão do útero sobre o estômago e parte dos alimentos misturadas ao ácido clorídrico, que podem retornar ao esôfago. Para a melhora é necessário: fracionar a dieta em seis ou sete refeições; diminuir o volume das refeições; mastigar bem os alimentos; evitar estresse durante a alimentação; evitar ganho de peso excessivo; ingerir água nos intervalos das refeições; não deitar logo após comer; evitar chá mate preto, refrigerantes, café e álcool; evitar alimentos/preparações gordurosas, condimentadas e industrializadas.

Inchaço: A causa pode ser devido ao aumento do volume sanguíneo, que ocorre durante a gestação, favorecendo a retenção de líquidos. Para melhorar é preciso: reduzir a quantidade de sal nas refeições; não consumir temperos industrializados, como caldos de carnes e legumes; evitar embutidos e enlatados; não adicionar sal na comida já pronta; consumir temperos naturais, como salsinha, orégano, manjericão; evitar ganho de peso excessivo; praticar atividade física regular, desde que não haja contraindicação médica.