Você conhece a vida escolar do seu filho?
Dificuldades de aprendizagem e ritmo abaixo do restante da turma são preocupações que precisam de acompanhamento profissional. O que fazer se você não sabe se os problemas escolares do seu filho têm fundo psicológico, pedagógico, neurológico ou se ele apenas necessita de orientação? O Acompanhar - Núcleo de Acompanhamento à Criança e ao Adolescente tem a resposta. Com uma equipe de profissionais especializados em diversas áreas, o Acompanhar avalia quais são as dificuldades do aluno e fornece as ferramentas de que ele precisa para desenvolver hábitos de estudo e superar problemas relacionados à aprendizagem. Confira como funciona este acompanhamento:

Publicidade

Como é coordenado todo o processo de inserção do aluno no Acompanhar até os resultados obtidos durante o acompanhamento?

Adriane Leite Ferro, Coordenadora Administrativa, e Maria Lúcia Gonçalves Fernandes, Coordenadora Pedagógica - O aluno passa por uma triagem realizada pela coordenação antes de iniciar o acompanhamento escolar ou clínico. Buscamos as queixas trazidas pelos familiares, escola ou indicações profissionais para encaminhá-lo ao acompanhamento escolar especializado ou aos profissionais do Acompanhar. Dependendo de cada caso, as aulas acontecem de duas a cinco vezes por semana, com duração de 1h30, em grupo de no máximo quatro pessoas. Entregamos aos pais uma orientação de estudo em casa e entramos em contato com a coordenadora da escola para que possamos trabalhar em conjunto. Além do conteúdo específico baseado no estudo realizado pelo aluno, trabalhamos agenda, organização, autonomia e hábito de estudo da criança, despertando-a para seu próprio interesse em estudar.

Visto que o aluno apresenta dificuldades que atrapalham seu rendimento escolar, como é feito o acompanhamento psicopedagógico?

Vânia Santos do Carmo, Psicopedagoga - Inicialmente é realizada uma avaliação que investiga as possíveis causas dos obstáculos que estão interferindo no desenvolvimento do processo de aprendizagem escolar da criança ou adolescente. As causas podem estar relacionadas a fatores de ordem familiar, escolar, cognitiva, orgânica ou afetivos. O acompanhamento psicopedagógico é desenvolvido na interação entre psicopedagogo e criança ou adolescente nos seus diversos contextos: biológico, afetivo e cognitivo; familiar; escolar. Dessa forma, o psicopedagogo vai intervir, na maioria dos casos, individualmente, na tentativa de reconduzir o aluno ao contexto cultural, devolvendo-lhe o prazer e o desejo de novas aprendizagens.

O que é trabalhado durante o acompanhamento psicológico?

Laila Beatriz de Oliveira Bernardes – Psicóloga - Trabalhamos a terapia familiar sistêmica que consiste em uma abordagem terapêutica na qual todos os integrantes da família participam da sessão. Tem como objetivo entender e atuar nas interações entre o aluno, a família e sua rede social, promovendo relações mais saudáveis por meio do desenvolvimento da consciência, da responsabilidade, das escolhas e das mudanças nos padrões repetitivos que o filho ou a família adota em relação aos seus problemas. Dentro deste acompanhamento pode ser feita também uma orientação em relação às escolhas profissionais, tendo em vista que, a cada dia, alunos ingressam precocemente nas universidades.

Como é realizado o acompanhamento fonoaudiológico?

Ellen Cristina da Silva – Fonoaudióloga - O trabalho fonoaudiológico é realizado em alunos que apresentam alterações que afetam o desenvolvimento ou o uso da linguagem oral e escrita, voz, fala e audição. Durante o acompanhamento são estabelecidos contatos periódicos com a equipe escolar (coordenador e professores) e com os responsáveis pela criança e/ou adolescente, visando maior integração entre a relação terapeuta-escola-família.

Como é realizada a avaliação neuropsicológica do aluno? Constatado algum problema, quais são as medidas tomadas?

Fernanda Guedes Afiune – Neuropsicóloga - A avaliação neuropsicológica busca traçar o perfil cognitivo da criança ou adolescente, visando destacar suas forças e fraquezas. É realizada inicialmente com uma entrevista detalhada com os pais e a escola acerca do desempenho e queixas do aluno e, em seguida, são realizadas várias sessões com a criança. No final do processo é feita uma devolutiva sobre o resultado da avaliação para o aluno, pais e escola. De acordo com cada caso, são estabelecidas estratégias de reabilitação cognitiva que visam trabalhar com as disfunções detectadas na avaliação, objetivando uma melhora funcional no ambiente escolar e familiar.

Como é desenvolvido o cardápio dos alunos?

Flávia Peixoto da Silva – Nutricionista - O cardápio é personalizado de acordo com as necessidades pessoais, faixa etária e hábitos alimentares. Para cada aluno, no momento da consulta nutricional, é desenvolvido um cardápio saudável, equilibrado, com quantidades ideais de vitaminas, proteínas, carboidratos e lipídios. O acompanhamento nutricional é individual, de acordo com os hábitos de vida da criança, visando uma alimentação saudável, um bom funcionamento do organismo e melhora na qualidade de vida.