Apresente seu filho à música
As crianças que são expostas à música desde pequenas tendem a se dar melhor em matemática, têm uma maior autoestima e são mais focadas. Ao criar nos seus filhos um amor pela música, você também estará expondo eles ao rico aprendizado cultural que a música proporciona. Se você começar cedo e fizer da música uma coisa importante na sua casa, seus filhos poderão colher os frutos de uma educação musical forte.

Publicidade

Antes mesmo de o bebê nascer, a música já pode fazer parte do seu dia a dia. Vários estudos confirmam a importância que a música tem para o bem-estar do bebê, desde quando ele ainda é um feto e está no ventre da mãe. A música traz tranquilidade para ambos, introduzindo-o à sensibilização aos sons. A gestante deve ouvir boas canções e, assim, começar a apresentar o universo musical ao seu filho.  A equipe do Holanda Centro de Educação Musical traz algumas dicas de como fazer isso também após o nascimento da criança.

 

Confira as dicas

 

CDs: coloque um CD de canções infantis ou mesmo de música clássica para o bebê ouvir. Se o pequeno mexer as pernas e der gritinhos durante a audição, não tenha dúvida: ele aprovou o som.

Música ao vivo: leve a criança para shows e apresentações ao ar livre. É um programa, em geral, gratuito, que agrada pais e filhos. Mas estes devem ser cuidadosamente escolhidos, por causa da altura do som. Sons muito graves e altos devem ser evitados para os bebês.

Brincadeira: vale também presentear o pequeno com minibaterias, pandeiros e pianos. Tudo deve ser da linha infantil. Isso ajuda a desenvolver na criança a percepção e o gosto pelos sons. É indicado também tocar algum instrumento ou cantar para o bebê. A música, por meio dos instrumentos, trabalha coordenação motora, ritmo, socialização, atenção e concentração, tudo de uma forma lúdica e prazerosa.

Estímulos cotidianos: mostre às crianças como o mundo seria esquisito e não teria razão de ser se não tivesse o tilintar dos talheres; o despertador, o telefone e a buzina tocando; a música para cantar. Enfim, todos os sons à nossa volta de alguma forma devem ser observados e podem estimular as crianças a descobri-los.

Escolas de música: matricular a criança em um centro de educação musical especializado é outra ótima forma de aumentar a abordagem e o estímulo musicais. Aprender um instrumento ou começar a cantar implica em algo concreto, o que faz com que a criança explore ainda mais o universo da música. Nas aulas, o pequeno deve ser apresentado a diversos instrumentos e experimentar, assim, os vários sons e timbres, para que se identifique com a imensa variedade do universo musical.