Adaptação escolar: como passar por esse momento?
O primeiro dia na escola não é fácil. Antes disso, os pais se preparam, pesquisam bastante, visitam as escolas, levam os filhos para conhecer as instituições e escolhem a que julgam mais adequada. No entanto, o primeiro dia de aula é quando tudo começa para valer. A criança se vê em um ambiente novo e desconhecido, além de estar em meio a pessoas estranhas e novas regras com as quais precisa conviver. Já os pais ficam extremamente ansiosos e apavorados com a ideia de deixar seu bem mais precioso aos cuidados dos educadores. É um momento bastante delicado para toda a família, é hora da adaptação escolar! Veja, a seguir, algumas dicas para você e seu filho lidarem com a adaptação da melhor forma possível.

Publicidade

1) Prepare a criança

Explique ao pequeno o que está acontecendo: que ele vai para a escola, que vai ter uma professora e novos amiguinhos. Diga à criança que ela está crescendo e por isso precisa de ir para escola brincar e aprender coisas novas. Levá-la para comprar os materiais escolares também é uma forma de ir incentivando a criança a gostar da escola. Evite tocar muito no assunto para não deixar a criança ansiosa.

2) Não minta

Não exagere na hora de falar da escola para o pequeno, como se lá fosse um parque de diversões, para não deixá-lo frustrado. Seja sincero com seu filho e diga que vai deixá-lo na escola durante o período, mas depois voltará para buscá-lo. Os pais não devem mentir ou sair de fininho. Se disser que vai ficar de fora da sala esperando por ele, fique. Mentir, além de dificultar as coisas, pode causar traumas na criança.

3) Transmita segurança

A hora da despedida é um dos momentos mais difíceis na vida de uma mãe ou pai. Deixar o seu bem mais precioso aos cuidados de educadores não é fácil. Talvez os pais sentem a dor da separação mais que os filhos. Muitos, ao ver os pequenos chorando, desmoronam. Isso não pode acontecer. Mesmo que por dentro você esteja aos pedaços, precisa transmitir segurança. Não deixe a criança perceber sua angústia e a estimule para que se sinta confiante e independente. Caso seu filho não queira entrar na escola, passe-o para o colo da professora, dê um beijo de despedida e não enrole muito, pois ele sente sua insegurança.

4) Mantenha o equilíbrio na hora do choro

É difícil lidar com o choro. E as primeiras semanas deixam a criança mais sensível, insegura, irritada, emoções que são traduzidas pelo choro. E embora seja difícil para os pais verem seu filho chorar, é preciso manter o equilíbrio e aprender a lidar com isso. Essa é uma etapa importante do desenvolvimento. Quando a criança chorar, o ideal é reforçar a importância da escola, dizer que você sabe que aquele é um momento difícil para ela, mas que sabe que ela é forte e inteligente e vai superar. É necessário firmeza nessa hora. Sempre ressaltar a importância da escola e que acredita na capacidade de superação do seu filho. Tenha muita paciência e saiba que a criança precisará muito de você. Se necessário, converse com os professores e coordenadores para decidir como agir em casos em que a criança chora no momento da despedida.

5) Fique com seu filho

O período em que os pais devem ficar na escola para ajudar o filho a se adaptar varia de caso para caso. O tempo mínimo é de um ou dois dias e o máximo depende da criança. Porém, mesmo em casos mais delicados, uma semana é suficiente. Se após esse período seu filho não estiver adapatado e continuar exigindo a presença dos pais, o melhor é conversar com a coordenação da escola e tentar outras estratégias. A criança precisa se sentir segura no ambiente escolar e os pais devem transmitir essa segurança para ela.

6) Faça parte da escola

Não é somente a criança que passará por uma fase de adaptação. Os pais também precisam se adaptar. É necessário conhecer os rituais da escola, frequentar as reuniões que antecedem o início das aulas, estreitar uma relação com o professor, conhecer pais de alunos da mesma turma. É preciso criar vínculos logo no início. Participe das atividades propostas pela escola, procure ir nas apresentações, eventos e festividades. Procure ir em aniversários de coleguinhas. Os pais precisam ser presentes, participativos e se interessar pela vida escolar dos filhos em todos os sentidos.

7) Estimule o aprendizado

Quando as aulas começarem, demonstre interesse pelo que seu filho está aprendendo. Não bombardeie o pequeno com perguntas. Mas, sim, pergunte como foi o dia, o que ele mais gostou de fazer, se fez novos coleguinhas, se aprendeu algo novo, etc. É importante escutar o que ele tem a dizer e perguntar o que aprendeu, mas nunca pressione por respostas. Crie o hábito de conversar com seu filho todos os dias sobre a escola, isso trará resultados positivos.