A importância dos preceitos bíblicos na criação dos filhos
A medida que crescem, os filhos exploram os limites de seu mundo em expansão. Eles interagem com amigos, colegas de escola e parentes. Os pais deixam de ser a única influência na vida deles. Por isso, é essencial que aproveitem os primeiros anos para ensinar a seu filho o valor da obediência e das boas maneiras.

Publicidade

As crianças não nascem com essas habilidades e leva tempo para aprendê-las. Os pais israelitas receberam a seguinte ordem sobre as leis de Deus: “Tens de inculcá-las a teu filho, e tens de falar delas sentado na tua casa e andando pela estrada, e ao deitar-te e ao levantar-te.” (Deuteronômio 6:6, 7) Dessa forma, a responsabilidade de criar filhos envolve vários desafios:

Tempo para ouvir

A Bíblia diz que há um “tempo para falar”, mas também há um tempo para ouvir (Eclesiastes 3:7). Como você pode ensinar seu filho a prestar atenção enquanto outros – incluindo você – estão falando? Uma maneira é dar o exemplo. Será que você ouve com atenção os outros, incluindo seus filho?

As crianças se distraem facilmente e se comunicar com elas sem dúvida exige muita paciência. Visto que nenhuma criança é igual a outra, seja observador e decida que métodos de comunicação funcionam melhor com seu filho.

Perdoem-se liberalmente

A Bíblia diz: “Continuai a suportar-vos uns aos outros e a perdoar-vos uns aos outros liberalmente, se alguém tiver razão para queixa contra outro.” (Colossenses 3:13) Assim como já foi mencionado a respeito da arte de ouvir, você precisa dar o exemplo. É importante que seus filhos vejam em você a disposição de perdoar outros. Ensine seus filhos desde já a ter consideração pelos outros e a assumir a responsabilidade por seus erros.

Mostrem-se gratos

Nestes “tempos críticos” e “difíceis de manejar” em que vivemos, muitas pessoas são ‘amantes de si mesmas’. (2 Timóteo 3:1,2) Agora, enquanto seus filhos ainda são pequenos, é o momento ideal para incutir neles um espírito de gratidão. “Mostrai-vos gratos”, escreveu o apóstolo Paulo. – Colossenses 3:15.

Mesmo enquanto são bem novas, as crianças podem aprender a ter boas maneiras e consideração por outros. Como? O melhor modo de ensinar seus filhos a demonstrar gratidão é por ter o hábito de demonstrá-la em casa.

Não retenham a disciplina

À medida que seus filhos crescem, é vital que aprendam que suas ações têm consequências. A Bíblia diz: “Não retenhas a disciplina.” (Provérbios 23:13) Se você deixou claro que uma ação errada terá uma consequência específica, não tenha medo de cumprir sua palavra. É mais provável que os filhos aceitem a disciplina quando conhecem as regras, sabem o que acontecerá se as desobedecerem e têm certeza de que não adianta argumentar para escapar das consequências.

É claro que, para que a disciplina funcione, ela não pode ser aplicada com raiva. O melhor a fazer é manter um diálogo. Mesmo quando as crianças fazem algo muito irritante, o indicado é conversar com elas sobre o tipo de pessoa que precisam ser.

Seja a sua razoabilidade conhecida

A respeito da correção que daria ao seu povo, Deus disse: “Terei de castigar-te no devido grau.” (Jeremias 46:28) Você conseguirá os melhores resultados se a correção for justa e proporcional ao erro cometido. Ser razoável inclui corrigir os filhos de um modo que preserve a dignidade deles. Nunca humilhe seus filhos. Procure identificar a raiz do problema e resolvê-la. Não discipline seus filhos na frente de outras pessoas, nem mesmo na frente um do outro, sempre que possível.