Sobrancelhas: cuide bem delas
Já foi moda ter sobrancelhas coloridas, tingidas, arqueadas, retas, pontudas, alongadas, finíssimas ou supergrossas. Mas dos anos 2000 para cá o conceito na hora de tirar as sobrancelhas é considerar o traçado do rosto, suas medidas e expressões, deixando o mais próximo do natural, seguindo a proporção do rosto, respeitando seu formato e tamanho dos olhos e nariz.

Publicidade

As sobrancelhas são os únicos elementos do rosto que podem ter seu formato e posicionamento alterados sem que sejam necessários métodos invasivos. Segundo a designer de sobrancelhas, micropigmentadora e proprietária do Studio Única, Cristiane Vanzela, para que elas realmente sejam consideradas a moldura do olhar é preciso fazer um estudo completo da fisionomia da cliente para determinar o melhor formato para cada pessoa. “Os pontos principais a serem observados são a altura e a largura da testa e os formatos da maçã do rosto e da mandíbula. Para isso é a usada a técnica do visagismo”, afirma.

Com os resultados do estudo em mãos, várias são as técnicas para moldar as sobrancelhas, como o uso de henna, uma tintura que sai após algum tempo, e a queridinha do momento, a micropigmentação, que, como uma tatuagem, molda definitivamente as sobrancelhas. Cristiane explica que existem diferentes maneiras de fazê-la, desde a tradicional, que usa um aparelho, passando por uma que é feita com agulhas de aço, uma arte japonesa milenar que consiste em tatuar sem o auxílio de máquinas. O estudo do seu rosto vai indicar se você precisa de uma micropigmentação 3D, fio a fio realista, ou de um trabalho de correção, neutralização ou de camuflagem.

As sobrancelhas ao longo dos anos

Anos 20 e 30: as atrizes do teatro e cinema mudo raspavam as sobrancelhas para redesenhá-las com lápis, deixando-as bem fininhas.

Anos 40: as sobrancelhas eram mais curvilíneas no desenho e finas no final.

Anos 50: lembravam muito um acento circunflexo com o final comprido e fininho.

Anos 60: as sobrancelhas voltam bem fininhas, mas agora tingidas.

Anos 70: seguiram uma linha mais natural, eram apenas aparadas e delineadas.

Anos 80: a moda era ter sobrancelhas tão naturais a ponto de serem grosas, escuras e despenteadas.

Anos 90: ocorreu o contrário, elas foram bem aparadas, com menos pelos e finas no final, sugerindo mais naturalidade.

Anos 2000 até hoje: as sobrancelhas seguem a proporção do rosto, respeitando seu formato e tamanho dos olhos e nariz.