Melasma tem cura?
Você está grávida e já notou o surgimento das primeiras manchas no rosto? Fique atenta! Trata-se do temido melasma, mancha marrom e extensa, ligada a alterações hormonais, um dos maiores desafios dos dermatologistas, pois costuma ser muito resistente. Por isso mesmo não espere o problema se agravar para procurar tratamento. A dermatologista, titular em dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia - SBD, Dra. Geórgia Alarcão, explica que o tratamento para melhorar o melasma pode começar ainda na gestação com medicamentos seguros para essa época e após o parto pode-se iniciar o uso do Spectra Laser Toning e o uso do microagulhamento com drug delivery, comprovadamente a melhor opção para combater as manchas. O melasma não tem cura, mas tem tratamento e melhora a autoestima da paciente. Saiba o que fazer em cada fase:

Publicidade

Antes da gravidez, prevenção!

O principal fator responsável pelo surgimento das manchas na gravidez é a predisposição genética e depois a exposição solar e o calor. Por isso, não há como prever se a mulher terá manchas ou não durante a gravidez. O melhor é reforçar a prevenção e redobrar os cuidados com a pele, dando atenção especial à aplicação do filtro solar várias vezes ao dia e evitar expor-se em horários de pico.

Cremes clareadores, uso liberado na gravidez

A inibição da síntese de melanina, necessária para o tratamento do melasma, pode ser feita com vários clareadores, mas é preciso cautela, pois apenas algumas medicações são liberadas para uso na gestação, como, por exemplo, o ácido azeláico e o glicólico. O uso de ácido retinoico e hidroquinona são proibidos durante a gestação. Os resultados começam a surgir, em média, um mês após o início do tratamento, e a eficácia depende do tipo de melasma.

Peelings para antes, durante e depois da gravidez

O especialista passa um preparado na face que deve ser retirado algumas horas depois. Após dois ou três dias, tem início o processo de descamação e, com isso, a remoção de pigmentos. Existem peelings específicos para uso durante a gestação.

Spectra Laser Toning – antes e após a gravidez

O Spectra não esquenta a pele e atua diretamente no melanócito, que produz melanina em exagero no melasma, e reduz definitivamente o tamanho das células do pigmento. Além de clarear as manchas, deixa a pele viçosa e com aspecto rejuvenescido. O tratamento consiste em sessões com intervalos semanais até o clareamento da mancha e, então, sessões de manutenção. A sessão é rápida, dura em média 10 minutos, é indolor e com poucos efeitos colaterais. Os pulsos curtos e rápidos do laser Spectra produzem menos efeitos térmicos, minimizando o processo inflamatório, mas com maior fragmentação da melanina, o que diminui as chances de recorrência do melasma, desde que haja tratamento contínuo.