Como cuidar da beleza na gestação
A gravidez é um período maravilhoso, repleto de mudanças e descobertas! O corpo, devido alterações hormonais, acaba por exigir cuidados especiais de beleza. Os hormônios provocam alterações na hidratação, na vascularização e pigmentação da pele. Torna-se indispensável o uso de filtro solar para evitar manchas, uma hidratação intensa para evitar as estrias, entre outros cuidados. Mas nem sempre é possível seguir a mesma rotina e usar os mesmos produtos, que podem causar alergias ou ser prejudicial ao bebê.

Publicidade
Diante disso, surgem algumas dúvidas sobre como cuidar do corpo e do rosto durante a gestação, mantendo um visual bonito de um jeito saudável e deixando o bebê protegido. O fato é que a gestante não pode utilizar qualquer produto ou se submeter a todos os tratamentos dermatológicos. Existem ativos mais indicados e composições específicas para cada fase da gestação. “Para cuidar da pele com segurança, sem riscos à saúde da mamãe e do bebê, é importante consultar um dermatologista, sempre com acompanhamento e aprovação do ginecologista”, ressaltam as dermatologistas, membros da Sociedade Brasileira de Dermatologia Dra. Marcella Delcourt e Dra. Marjorie Melo. As dermatologistas informam as mamães sobre como se sentir ainda mais bela com os tratamentos corretos:

Cuidados com o corpo durante a gestação

Hidratação corporal

A gestante deve ter em seu arsenal de beleza corporal os seguintes cosméticos: um sabonete para banho à base de glicerina, um óleo de banho à base de óleo de amêndoas, óleo de rosa mosqueta e vitamina E, um bom hidratante glicerinado e ativos umectantes e um creme para sustentação e hidratação do busto.

Estrias

Para evitar as temidas estrias, o cuidado principal é a hidratação intensa da pele, que se inicia com a ingestão adequada de líquidos. No banho, é indicado o uso de um sabonete glicerinado e a aplicação de um óleo de banho concentrado, antes do último enxague. O hidratante corporal deve ser aplicado duas vezes ao dia, principalmente nas regiões do abdômen, lombar, nádegas, quadris, coxas e seios, sem passar na região dos mamilos.

Drenagem linfática

A drenagem linfática está liberada a partir do segundo trimestre. É uma massagem suave, que ajuda a reduzir a retenção de líquido e diminuir os inchaços comuns da gravidez, além de prevenir e tratar as complicações decorrentes da gestação, auxiliando no alívio de problemas circulatórios e musculares, assim como de outros problemas relacionados a alterações hormonais, como enxaqueca, insônia, constipação e fadiga, além de proporcionar relaxamento.

Tratamentos com laser

Após o primeiro trimestre de gestação, o tratamento com laser no rosto, braços e pernas é permitido. Mas cada ginecologista tem uma opinião. Alguns são mais conservadores e isso deve ser respeitado pela paciente. Então, antes de iniciar algum procedimento como esse, a gestante deve consultar seu ginecologista, que, juntamente com o dermatologista, irá orientá-la sobre o melhor tratamento.

Cuidados com o rosto durante a gestação

Peeling de Cristais

O Peeling de Cristais ou de Diamante é muito indicado para a gestante, pois faz a remoção de células mortas e estimula o colágeno, além de deixar a pele mais receptiva para a ação dos cremes com ativos hidratantes e clareadores suaves.

Toxina Botulínica e Ácido Hialurônico

Não aconselhamos a aplicação da toxina botulínica durante a gestação e durante a amamentação, pois é uma substância estranha ao organismo e não há trabalhos científicos que comprovem que realmente não ocasiona riscos ao bebê. Também não costumamos aconselhar os preenchimentos neste mesmo período, pois é uma fase na qual a anatomia da mulher está comprometida pelas alterações hormonais, com certo grau de edema (inchaço) facial, que pode comprometer o resultado.

Manchas no rosto

O melasma ocasionado pela gravidez pode ser evitado, ou amenizado, com o uso de bloqueadores solares, desde o início da gravidez, com alto fator de proteção UVB/UVA (proteção química) e o uso de base (proteção física) após. Sempre indicamos o uso diário de cremes despigmentantes específicos para gestantes, sem hidroquinona ou ácido retinoico na fórmula. Uma vez que a mancha apareceu, o tratamento envolve a inibição da síntese de melanina. Na gravidez, apenas algumas medicações são liberadas como, por exemplo, o ácido azeláico e o glicólico. Após a gestação, a gama de tratamentos aumenta. Converse com seu dermatologista.