Qual a importância de conversar com o bebê?
Você conversa com seu bebê? Conta histórias? Canta canções? Se a resposta for sim, você está no caminho certo para ajudar a criança a desenvolver a habilidade de se comunicar. Nada de ficar pensando que o bebê não entende o que você fala. Pelo contrário. Ouvir a voz dos pais ajuda o bebê a aprender a identificar sons. As crianças que recebem mais estímulos por parte dos pais desenvolvem um vocabulário muito maior do que as que não têm esse hábito.

Publicidade

A interação dos pais com o bebê, desde cedo, é fundamental para o aprendizado da criança. Por meio da voz do pai e da mãe, o bebê vai percebendo as mudanças no timbre (grave e agudo), além de entonações que podem acalmá-las. E para aprender a falar corretamente, é importante que os pais pronuncie as palavras de forma certa e não tentem imitar a criança falando errado. Para estimular a criança nessa etapa do desenvolvimento, o Manual da Mamãe separou algumas dicas para o papai e a mamãe utilizar no dia a dia. Confira:

 

Converse sobre tudo

Converse com o bebê sobre tudo o que o rodeia. Nomeie suas ações. Por exemplo, na hora de dar banho, diga a ele “agora você vai tomar banho, vai ficar cheiroso, vou passar o sabonete na sua barriguinha, no seu bumbum, no seu rostinho”. Quando for passear no parque, mostre a ele a paisagem e diga o nome de cada coisa: “olha a árvore, filho; veja que lindo o passarinho; veja que flor linda”. A criança irá associando o som ao objeto.

 

Cante para o bebê

Além de conversar, cantar para criança é essencial. A sonorização e a rima de uma canção ajuda no desenvolvimento da linguagem, do vocabulário e facilita a alfabetização. O ato de cantar transforma a fala em brincadeira, prende a atenção dos pequenos e permite que eles vivenciem a música, os sons e melodias. Por isso, cante para o bebê sempre. Não importa se você desafinar ou esquecer um pedacinho da letra. O que importa é você proporcionar esse aprendizado e estímulo ao seu filho.

 

Conte historinhas

As histórias despertam a curiosidade da criança, estimulando, assim, a imaginação. Além disso, aumentam o vocabulário e a curiosidade sobre a linguagem. Na hora da leitura, coloque emoção, viva o personagem, transmita sentimentos para a criança.

 

Leia poesia

Os poemas tem rimas e sonoridades. Pontue corretamente cada frase. Expresse emoções. Tudo isso desperta o interesse da criança e ajuda a desenvolver a linguagem.

  

Ensine brincando

A criança aprende muito mais rápido quando está se divertindo, quando sente prazer em realizar determinada atividade. Não transforme o aprendizado do seu filho em algo mecânico. Se a criança está se divertindo, ela aprenderá mais rápido. A dica é explorar tudo o que a criança demonstre interesse e nunca forçá-la a nada. Se ela se interessar por um determinado livro, mesmo que não seja sua primeira escolha, ajude-a a explorá-lo. Incentive.