Proteja seu filho contra a pedofilia!
Quanto mais vemos notícias sobre pedofilia, mais vem à indignação e o medo para nos atormentar. A preocupação com os filhos é muito grande. O pior é que esse tipo de violência pode vir de qualquer lugar, seja dentro de casa ou até mesmo na escola, casa de amigos, etc.

Publicidade

Atenção às características

O pedófilo não tem um perfil definido. Ele age discretamente e sem deixar rastros. Por isso é muito importante o relacionamento com os filhos ser extremamente aberto e os pais sempre estarem atentos com as pessoas a sua volta, pois geralmente o abusador usa a confiança dos pais e da criança como um gatilho para o “ataque”.

Cuidados que os pais devem tomar

Com a propagação desse tipo de informação, atualmente temos muito mais contato com essa realidade e com isso, as crianças também começam a ter noção. O que ajuda bastante no quesito dos pequenos se livrarem da circunstância por saberem o que está acontecendo.

Além da ajuda da mídia, os pais também devem colaborar para que se algo aconteça com a criança, ela se sinta a vontade de falar sobre o assunto ou até de agir na hora que for surpreendida. Para isso, deve haver diálogo dentro de casa.

Se a criança for pequena, converse e explique que não é aceitável tocar em algumas partes do corpo para que ela se manifeste quando algo ocorrer. Já se a criança for maior, ensine-a que também deve dizer “não”, principalmente quando se trata do próprio corpo.

Evite também que a criança tenha acesso à internet sem uma orientação porque é assim que o violentador aproveita da inocência dela para se aproximar. Esse é o meio mais comum, então para facilitar o controle do que o seu filho faz na internet, deixe o computador na sala.

Caso saiba de qualquer abuso, disque 100. A denúncia será anônima e a ligação é gratuita.