Como prevenir a cárie na infância?
Dente, biofilme - que é a sujeira que fica grudada no dente - e dieta. Combinados, estes são os três fatores primários envolvidos no surgimento da cárie. Entre eles, o que a criança come é determinante no desenvolvimento da doença. Se seu filho abusa dos doces, refrigerantes e alimentos industrializados, todos ricos em sacarose, a cárie é praticamente certa. Seu processo de instalação é lento, afirma a odontopediatra Dra. Silvia Helena Spechoto Moreira. Isso explica a dificuldade de os pais observarem sinais de que ela vai aparecer e quando levam as crianças ao dentista, ela já está lá e pode ter atingido, inclusive, a polpa, ou seja, o nervinho do dente, causando muita dor para a criança.

Publicidade

Segundo a Dra. Silvia, diante da ação da sacarose no biofilme aderido ao dente, inicia-se a desmineralização do esmalte, que consiste no enfraquecimento da camada de proteção do dente. Quanto maior o tempo deste contato, mais intensa é a desmineralização. Surge, assim, a mancha branca que sinaliza a perda de minérios naquela região, deixando o esmalte poroso, enfraquecido. “A localização da mancha branca no dente é próxima à gengiva e no fundo de fóssulas e fissuras devido ao maior acúmulo de biofilme nessas regiões. Ela é o início da cárie. Não provoca dor e dificilmente é vista pelo responsável que faz a higienização na criança. A boa notícia é que, se diagnosticada a mancha branca, o dente pode ser tratado através da adequação da higienização e da dieta e com aplicações de flúor, o que provocará a remineralização do esmalte, revertendo a situação inicial. Caso a mancha branca não seja tratada, ela evoluirá para a cavitação da lesão, surgindo assim o buraquinho da cárie.”

Prevenção

Diante disso, o melhor é prevenir. A visita periódica ao odontopediatra é fundamental, pois uma cárie não tratada pode levar à perda dental. Outra medida preventiva importante é uma dieta equilibrada, com pouco açúcar. O consumo de balas, doces, bolachas, refrigerantes, entre outros alimentos do tipo, deve ser reduzido. A correta higienização dos dentes completa o pacote para a criança crescer com a saúde bucal em dia.

Esse conteúdo foi feito em parceria com

Dra. Sílvia Helena Spechoto


Conheça mais dele