Mamografia sem desconfortos é possível
Muitas vezes associada pelas mulheres ao desconforto e à dor, por conta da sensibilidade dos seios e da forma como é feita, a mamografia tem ganhado atrativos para tornar o momento mais confortável e o exame mais preciso. A mamografia digital humanizada tem um sistema computadorizado que altera instantaneamente o cenário por meio de monitores de alta definição e som surround, proporcionando à paciente uma experiência agradável e relaxante.

Publicidade

“O tratamento humanizado traz uma série de benefícios para a paciente, como a redução da ansiedade e do medo do procedimento, a diminuição da sensação dolorosa porventura experimentada pela compressão das mamas e o alívio da tensão frequentemente vivenciada pela mulher durante a realização de exames dessa natureza”, destaca o especialista em mamografia no IMMEF Dr. Sandro Zaleski.

Além de um atendimento humanizado, a mamografia digital tem uma série de vantagens sobre a convencional. Na primeira, o raio x incidente sobre a mama é captado por um detector que o transforma em um sinal elétrico e o transmite diretamente para um computador, enquanto na segunda o sinal é armazenado em um filme. O Dr. Sandro explica que a mamografia digital requer menor repetição de imagens, reduzindo, portanto, a exposição da paciente à radiação. Outra importante vantagem que o especialista ressalta é a maior precisão na detecção de lesões, essencialmente nos casos de mama densa.

Isso porque o armazenamento eletrônico da imagem oferece ao médico a possibilidade de recuperá-la a qualquer tempo e de ajustá-la ao monitor da estação de trabalho, realçando-se ou ampliando-se determinada área. “Além do mais, a mamografia digital conta com um sistema de alta resolução que permite a manipulação do brilho, do contraste e a aplicação de filtros específicos, proporcionando uma análise mais completa.”

Esses benefícios têm resultado em grande satisfação. O médico relata ainda que 85% das mulheres entrevistadas após o exame afirmaram ter experimentado uma sensação mais agradável e 60% disseram que houve uma redução significativa da dor. 93% recomendariam para as amigas e 98% retornariam para realizar outro exame*.

Indicações:

  • Rastreamento do câncer de mama;
  • Mamografia de rotina;
  • Diagnóstico de uma lesão palpável, como um nódulo, um espessamento ou um derrame papilar;
  • Outras situações: antes de iniciar TRH (Terapia de Reposição Hormonal), pré-operatório de uma cirurgia plástica, pós-operatório de uma neoplasia mamária e mama masculina.

 

Atendimento especializado

Fazer esse tipo de exame em uma unidade especializada e projetada exclusivamente para atender às necessidades diagnósticas da mulher é muito vantajoso, afirma o Dr. Sandro. Isso porque o atendimento é individualizado, o que garante mais satisfação, conforto e segurança à paciente.

*Fonte: Hospital do Câncer de Barretos

 

Instituto da Mulher e Medicina Fetal - IMMEF

Av. República Argentina, 210, 7º andar, Batel

(41) 3039-1818 , www.immef.com.br

Responsável Técnico:

Dr. Sandro Zaleski Salloum (CRM-PR 15051)