Como a psicologia e o coaching podem ajudar sua família?
Desde a fase de planejamento familiar, passando pela educação dos filhos e carreira, ocorrem várias mudanças e transformações que podem vir acompanhadas de dúvidas, dificuldades e até mesmo da necessidade de um acompanhamento profissional. Neste momento é que a Psicologia e o Coaching podem ajudar.

Publicidade

De acordo com a psicóloga e coach Simone Nosima, a Psicologia dará suporte às questões emocionais. “O formato ideal deve ser definido com base nas necessidades e objetivos esperados pelo tratamento, podendo ser individual ou familiar, e o resultado será uma melhor qualidade de vida e interação familiar”, explica. Já o coaching apoia a superação de resultados desejados pelo paciente, principalmente no âmbito profissional. “É um processo que proporciona grandes reflexões e mudanças, facilita a construção de um caminho sólido e conquistas rápidas e duradouras”, acrescenta.

Assim, os dois formatos proporcionam mais qualidade de vida e momentos de mais plenitude e felicidade para a família. Simone comenta que várias situações podem gerar insegurança e questionamentos dentro do ambiente familiar e sinaliza os pontos mais comuns em sua prática clínica e a forma de lidar com eles. São eles:

Formação da família: para iniciar a vida familiar em harmonia é importante que o casal tenha sintonia e possa entrar em acordo em pontos como o momento de ter filhos, divisão de despesas e tarefas. São pontos que podem - e devem - ser combinados com antecedência.

Viver em família: desde a educação dos filhos até a estruturação da rotina, se adaptar aos momentos de mudança de uma forma consciente vai ajudar a vivenciar toda esta experiência de uma maneira mais tranquila. A comunicação e interação do casal são pontos fundamentais para que toda mudança seja agradável e feliz.

Carreira da mamãe: uma das principais dúvidas das famílias é o momento da mamãe retornar ao mercado de trabalho. Fase de questões mais difíceis, como a escolha de onde deixar o filho, optar pelo sonho de carreira ou o sonho de estar em casa com ele. Para esse momento, a mamãe deve refletir sobre o que deseja para si, sua família e carreira. Seus sonhos devem ser considerados e equilibrados aos sonhos da família.

O casal com filhos: com a mudança da rotina, o impacto pode chegar ao relacionamento do casal e se apresenta na forma de conflitos e desentendimentos. Trabalhar o casal e o relacionamento vai ajudar na manutenção emocional de todos.

Autoestima da mamãe: durante e depois da gestação é comum que a mamãe não se sinta tão bem com seu corpo como se sentia antes. O aumento de peso e outros detalhes no corpo chamam a atenção de uma forma negativa. Encontrar uma forma de trabalhar a aceitação, melhoria do seu corpo e, principalmente, sua essência e aquilo que é a base dos seus valores pessoais, reconhecer e aceitar a si mesma fazem parte de um processo bastante intenso e libertador.

Depressão pós-parto: uma situação bastante comum e pouco comentada. No senso comum as pessoas esperam que a maternidade seja uma fase de intensa alegria, mas as dificuldades aparecem e a insegurança e as inúmeras mudanças acabam anulando a expectativa de felicidade constante. Algumas mães são acometidas pela depressão pós-parto, um intenso sofrimento e grande dificuldade em vivenciar toda esta mudança emocional. Buscar ajuda e se sentir amparada é fundamental para que este quadro se resolva. É necessário ter o apoio da família, dos amigos e de um profissional de confiança.

Disciplina Positiva, uma boa base de educação: educar os filhos não é tarefa fácil. As birras e fases como desfralde, rotina de sono e retirada da mamadeira acabam por deixar os pais bastante confusos em como proceder e lidar com elas de forma coerente. Usar da empatia e do amor para educar os filhos faz com que a cumplicidade e o afeto sejam a essência e os limites sejam embasados pelos valores da família.

Serviços especiais

Corpo, Mente e Estilo: programa preparado para cuidar da autoestima, saúde física e emocional da mamãe. Uma equipe multidisciplinar ajuda a mamãe a se redescobrir e perceber seus pontos fortes, trabalhando suas questões emocionais, percepção corporal, comunicação com intenção e imagem pessoal.

Orientação a Pais: programa estruturado para apoiar e orientar os pais no desenvolvimento e educação dos seus filhos. A base do acompanhamento é o desenvolvimento infantil, o amor e as necessidades emocionais da criança e da família. O programa tem como base a Disciplina Positiva e a Educação com Afeto.

Escola de Pais: desenvolvido para auxiliar os pais a entenderem esse amplo universo infantil. Com base nas mais variadas fases de desenvolvimento considerando os interesses e suporte emocional das crianças, os pais têm a possibilidade de entender e vivenciar esse mundo tão lúdico de uma forma leve e descontraída. O programa é em grupo e proporciona uma interação agradável e enriquecedora.