Mulher descobre leucemia após o parto e precisa de doador de medula
A agente de trânsito em Goiânia, Eva Maria Barbosa, 29, foi diagnosticada, há pouco mais de um mês, com leucemia linfoide aguda tipo B, uma forma bastante grave do câncer. E a sua família está fazendo campanha na igreja e na internet para conseguir doadores, uma vez que ninguém na família é compatível e a única forma de Eva se curar é realizando o transplante de medula óssea.

Publicidade

O diagnóstico da doença foi dado no dia 21 de junho, quando ela se recuperava do parto da filha, que agora está com 5 meses. Eva conta que estava se sentindo fraca, com problemas para dormir, mas acreditava que era devido ao pós-parto. Quando ela foi ao médico e fez exames foi diagnosticada com a doença. No dia seguinte já fez novos exames e foi internada para começar a quimioterapia."Fiquei me choque. Estava com uma filha de quatro meses, que só amamentava em mim, e aí tive que deixar ela em casa, dependendo da mamadeira”, disse.

Foi um susto muito grande para a família de Eva que logo iniciou uma campanha na igreja e nas redes sociais para pedir que as pessoas se cadastrem e sejam doadores de medula, aumentando assim as chances da agente de trânsito conseguir realizar o transplante.

"Eu quero viver. Quero conseguir a cura. Quero criar minha filha", disse Eva.

Como se cadastrar para ser um doador de medula óssea

Para doar a medula, o primeiro passo é fazer o cadastro. É preciso ter entre 18 e 54 anos e preencher um formulário com os dados pessoais no hemocentro de cada município. Em Goiânia, o endereço é Avenida Anhanguera, número 5195, no Setor Coimbra.

Após o preenchimento do formulário, será coletado entre 5 ml e 10 ml de sangue para o teste de compatibilidade. Esse processo dura cerca de 20 minutos. A partir daí, o candidato fará parte do Registro Brasileiro de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome) e pode ajudar pacientes que precisam de transplante em todo o país.

Se encontrar o doador compatível serão feitos exames complementares para realizar a doação. No transplante, o doador é anestesiado e a medula óssea é retirada do interior da bacia por meio de punção. O organismo do doador repõe a medula doado em poucos dias.

 

Como manter o relacionamento após a maternidade?

https://www.youtube.com/watch?v=y4xaJrqxrtw