Guarda compartilhada é a melhor saída para a criança em caso de separação dos pais.
Quando a separação é inevitável, os pais precisam encontrar a melhor maneira de criar os filhos juntos! Mesmo estando separados, é essencial para a criança que tanto o pai quanto a mãe continuem presente em sua vida.  É por isso que desde o final de 2014, a guarda compartilhada é considerada ideal para pais separados terem a mesma participação e responsabilidade na vida dos filhos. É uma forma de permitir que o pai esteja sempre presente e tenha as mesmas obrigações que a mãe na criação das crianças.

Publicidade

 

Em condições ideais, a guarda compartilhada é a saída menos traumática em uma separação. Mas não se trata de uma solução mágica nem deve ser aplicada mecanicamente. Até porque as necessidades das crianças mudam com o desenvolvimento e, mesmo entre irmãos, o que é bom para um pode não servir para o outro. Atualmente, é comum entender a guarda compartilhada como a alternância de convivência do filho por períodos iguais com ambos os progenitores nas suas respectivas casas. Mas esse é apenas um dos aspectos, que pode ou não ficar estabelecido.

 

A fase da separação é muito difícil para o casal e principalmente para os filhos. Para falar mais sobre esse assunto delicado e tirar as dúvidas das mamães e dos papais sobre como lidar com a separação da melhor forma, a jornalista e youtuber Flávia Teodoro conversou com a psicóloga, treinada em Constelações Familiares e Organizacionais, Mirella Nery, no Canal do Manual da Mamãe.

 

Segundo Mirella, a criança se sente segura na vida quando convive de uma forma harmoniosa com o pai e a mãe. Por isso, os pais precisam pensar primeiro na criança e deixá-la sempre fora das discussões e desentendimentos. Situações em que a mãe fala mal do pai ou vice-versa, ou em que o pai não participa ativamente da vida do filho, vão gerando sérias consequências no desenvolvimento da criança.

 

Confira a seguir como os pais podem encontrar a melhor maneira de criar os filhos juntos, mesmo estando separados:

https://www.youtube.com/watch?v=ixB7ycxDWCA