Como lidar com o fim da licença maternidade
A volta ao trabalho deixa muitas mamães preocupadas. Será que o bebê vai ficar bem longe de mim? Como será possível manter a amamentação com uma rotina diária de trabalho?

Publicidade

Dúvidas frequentes entre as mães nesse momento da vida.

A Organização Mundial de Saúde delimitou que o leite materno deve ser exclusivo e por livre demanda, até os 6 meses de vida, e complementar, até os 2 anos da criança.

Para tranquilizar as mamães no retorno das atividades profissionais, o Manual da Mamãe preparou algumas dicas de como lidar com a situação e manter a amamentação do seu bebê:

- Durante o expediente do trabalho mantenha sua produção utilizando uma bombinha para retirar o leite, seguindo os horários das mamadas do bebê.

- Para facilitar a retirada do leite, opte por blusas com abertura na frente. Deixe os vestidos e blusas mais fechados para usar em outras ocasiões.

- Guarde bem o leite extraído, na geladeira, para que possa ser dado ao bebê por outra pessoa no dia seguinte.

- Dê preferência à frascos de vidro com tampas plásticas e e mantenha-o congelado por, no máximo, 30 dias.

- O leite deve ser descongelado em banho-maria, em água fervendo, mas com o fogo desligado.

- Caso não puder ou não quiser tirar o leite no trabalho, pode gradualmente substituir as mamadas do dia por fórmula láctea e deixar para amamentar nos horários que tiver em casa. Porém, nesse caso, sua produção vai cair e o leite que seu corpo produz talvez não seja suficiente para satisfazer o bebê.

- Quando estiver em casa, amamente normalmente nos horários de costume.

- Para substituir as mamadas, peça a ajuda do pediatra. A partir dos 6 meses, o bebê pode dividir a alimentação com outros alimentos.