Como escolher cadeiras de alimentação infantil?
Com 6 meses os bebês começam a comer os primeiros alimentos. Para auxiliar nesse momento é bom ter em casa a cadeira de alimentação, que ajuda o bebê a se acostumar, desde cedo, com um lugar para fazer suas refeições, além de ajudar os papais nessa nova experiência. De acordo com o diretor industrial da Burigotto, Élio Santini, segurança, conforto e facilidade para limpar e guardar são funcionalidades básicas para a cadeira de alimentação. “A Burigotto preza pelo bem-estar do bebê e comodidade dos pais, por esse motivo, desenvolve suas cadeiras de alimentação com itens que garantam a segurança do bebê durante a refeição e ao mesmo tempo contribuam com os pais simplificando o transporte e a limpeza”, afirma.

Publicidade

Confira o que levar em conta na hora de escolher a cadeira de alimentação:

Segurança – se optar pelo cadeirão, observe se o produto possui cinto de segurança de 5 pontos e retentor entre pernas, que previnem as quedas. Caso seja o assento para acoplar em cadeiras, ele deve conter cinto de segurança de 3 pontos;

Conforto – o bebê vai se alimentar na cadeira e passará um bom tempo sentado, por isso ela deve ter encosto e assento acolchoado, sendo bem macio e fofinho;

Facilidade para limpar e guardar – escolha uma cadeira que solte com facilidade as partes que costumam sujar com mais frequência, como a bandeja da cadeira. Alguns modelos que possuem duas bandejas, uma em cima da outra, e a de cima pode ser retirada para lavar.