Brincadeiras para fazer com o seu filho em cada fase
Para os bebês, brincar é mais que diversão, é algo muito importante para o seu desenvolvimento, além de fazê-lo se sentir mais seguro e amado. Mas eles são tão pequenininhos, como brincar com eles? Deixe-se levar pela fantasia e por essas dicas de acordo com a fase de crescimento do seu pequeno. Vale lembrar que se o bebê não embarcar na sua brincadeira, não se decepcione, adapte a brincadeira ou faça uma nova tentativa em outro momento.

Publicidade

 

1 a 5 meses (enquanto o bebê ainda não senta)

1) Converse e cante: fale sobre tudo o que está fazendo com ele. E em determinados momentos, cante uma música. Vale recordar as canções da sua infância. Essa é uma forma de comunicação que os bebês amam.

2) Caretas: faça muitas. Seu bebê vai ficar entretido tentando entender suas caras e bocas. Importante para reconhecer expressões faciais.

3) Mímicas: o bebê vai, no mínimo, achar engraçado tantos gestos. Desenvolve a atenção e percepção do pequeno.

4) Objetos: mostre a ele chocalhos, mordedores e móbiles. Aperte, rode e agite o brinquedo várias vezes, ensinando como funciona. Depois, coloque-os perto para que ele tente segurar. As tentativas irão ajudar no seu desenvolvimento motor.

5) Paisagem: se aproxime da janela e mostre a paisagem e bichos lá fora. Com o tempo, o bebê vai apontar os dedinhos e até reconhecer alguns nomes. Vale imitar os sons dos animais. Os bebês adoram.

6)  Movimentos: com o bebê no colo, e segura de que ele esteja firme em seus braços, rode e dê pulinhos. Eles vão adorar as novas sensações que esses movimentos proporcionam. Vale também dançar a diferentes ritmos, mais lentos ou mais agitados.

7) “Cadê? Achou!”: essa brincadeira é sucesso certo entre os bebês. Vale também esconder o rostinho dele.

8) Com os dedos: use os dedos para irem “andando” pelo corpo do bebê. O resultado será muitas risadas.

9) Fantoches: use os bichinhos de pelúcia dele para conversar e cantar. Ele vai adorar vê-los ganhando vida, além de serem ótimos para desenvolver a imaginação.

10) Rolar na cama: role o corpinho do bebê, coloque-o de bruços para estimular seus movimentos.

 

A partir de 6 meses (quando o bebê já consegue ficar sentado e engatinha)

1) Em conjunto: sente com seu bebê no tapete de atividades (ou em um edredom mesmo) e espalhe brinquedos de diversos tipos, sempre ensinando como eles funcionam. É interessante que ele entre em contato com vários tipos de desafio.

2) Empilhar: invista em brinquedos de empilhar e mostre para o bebê como colocar um em cima do outro. Ele pode demorar a conseguir te copiar, mas só de derrubar tudo será uma diversão.

3) Histórias: use livros infantis com grandes ilustrações para contar histórias curtas, imitando vozes, sons e fazendo caretas.

4) Caçadores: sente-se em uma ponta segurando um brinquedo e estimule o bebê a ir pegá-lo.

5) Fantasias: se tiver fantasias ou perucas em casa, vista-as na frente do bebê, fazendo caras e bocas. É risada na certa.

6) Pega-pega: sim, é possível já nessa fase. Se você mostrar que está indo atrás dele, com certeza seu bebê vai engatinhar na direção contrária, rindo e tentando escapar.

7) Cabaninhas: use móveis e lençóis para montar túneis e cabaninhas para você e seu bebê engatinharem juntinhos.

OBS: Todos os itens de 1 a 5 meses ainda podem ser feitos com crianças dessa idade.

 

A partir de 1 ano (quando o bebê já anda)

1)  Dança: monte uma minipista de dança em casa e dance com ele, não apenas as músicas infantis mas também as suas preferidas. Faça pequenas coreografias e mostre ao seu filho como fazer. Além de exercitar a imaginação também desenvolve o senso de ritmo.

2) Puxando: carrinhos, bichinhos e outros brinquedos de puxar são um sucesso nessa fase. Amarre uma cordinha e deixe a criança puxar a vontade.

3) Bolhas de sabão: vá fazendo bolinhas de forma que elas caiam sobre o seu filho e ele possa andar para pegá-las. Eles ficam encantados com as bolinhas e se divertem muito.

4) Esconde-esconde: esconda brinquedos, mesmo na frente da criança, para ela ir até o local achar o objeto. Outra forma de brincar de esconde-esconde é levar a criança para a cama, colocar um lençol sobre ela e ir apalpando e dizendo: “isso é uma perninha?”, “aqui é um bracinho?”, “aqui é a barriguinha?”. Além de boas risadas, as crianças memorizam as partes do corpo humano.

5) Bolas: fundamental para as brincadeiras ao ar livre. A criança começa a aprender que pode pegar e jogar de volta para você. Além de ser diversão garantida para o pequeno, ajuda a desenvolver a coordenação motora.

6) Teatro: Conte uma história com fantoches. Faça sombras com as mãos e diga o que está sendo representado, por exemplo, faça uma borboleta e diga que ela é linda, que gosta de voar e aterrissar nas flores, etc. São brincadeiras superestimulantes e que desenvolvem a criatividade.

7) Gangorra: deite no chão, flexione as pernas e coloque seu bebê em cima, fazendo movimentos de gangorra. O friozinho na barriga será o máximo para eles. Sem dúvida, ele vai querer de novo e de novo.

8) Obra de arte: com material que saia com água e sabão deixe seu filho pintar você. Costas, braços e pernas vão virar verdadeiras obras de arte e uma recordação para a família. Fotografe tudo. Deixar com que a criança pinte em cartolina também renderá lindos desenhos abstratos que merecem ser guardados.

 

 

Leia Mais: Pai manda personalizar boneca para ficar parecida com a filha

Leia Mais: Kate Middleton brinca com filhos, George e Charlotte, em parque

Leia Mais: 5 brincadeiras para entreter as crianças durante viagem de carro

 

 

 

Comida Trollada X Comida de Verdade, o desafio que está bombando no YouTube

 

https://www.youtube.com/watch?v=dylxGcrDXrQ