10 frases que você nunca deve dizer aos seus filhos
Costumamos dizer frases que, sem perceber, acabam deixando marcas nos nossos filhos e futuramente podem se transformar em más lembranças. Então, para você tomar mais cuidado com o que diz, separamos frases que você deve mudá-las a fim de torná-las mais positivas.

Publicidade

"Sobremesa só depois de comer tudo!"

Você sabia que essa frase tem o incrível poder de reverter o que você quer que aconteça? Isso acontece porque a tendência da criança é diminuir o valor sobre a comida e sobrepor o da sobremesa. Por isso, deixe claro o que realmente quer, trocando essa frase por algo como “primeiro comeremos a refeição, depois a sobremesa”, usando um tom adequado para a situação.

"Não tenho dinheiro."

Se essa é sua resposta para quando o seu filho pede algo que você não tem condições, está na hora de mudar isso para não assustá-lo! Comece a ensiná-lo aos poucos a necessidade de administrar o dinheiro e explique as prioridades que existem sobre ele.

"Bom menino!"

Quando você fala frases desse tipo, a ideia que se cria é de uma necessidade de aprovação da sua parte em relação a seu filho. Tente mudar a forma de dizer demonstrando certo incentivo como “Eu gosto quando guarda seus brinquedos filho, continue assim!”.

“Anda logo, vai se atrasar!”

Essa frase faz uma pressão em cima do pequeno. Se você está com pressa e ele está te atrasando, tente mostrar que são como um time e coloque as frases no plural ou até crie um tipo de competição de quem fica pronto primeiro. Com isso, você vai criar uma brincadeira, e o melhor, sem estresse nenhum.

“Não fale com estranhos”.

Para as crianças, isso pode parecer um pouco vago. Para não haver confusão, exemplifique situações em que ele não pode falar com estranhos, como é o caso de alguém lhe oferecer um doce. Isso facilita até em relação a abusos, principalmente se você explica que é necessário ele te contar se alguém lhe deixou triste, confuso ou assustado, mesmo que seja conhecido o responsável por isso.

“Eu te ajudo!”

Para não interferir na independência que o seu filho vai criando a medida com que vai crescendo, use isso com menos frequência. Mostre a ele soluções para resolver o que está com dificuldade e somente se ele não conseguir, você oferece ajuda, ensinando-o a maneira correta de agir.

“Cuidado!”

Todos os pais que são cuidadosos ficam morrendo de medo de seu filho se machucar até mesmo quando está brincando. Mas ao invés de ficar preocupado e falando o tempo todo para o filho tomar cuidado, passe a ficar por perto para que se algo aconteça, você possa socorrer. Vai ver que assim ele terá um comportamento bem melhor.

“Não posso, estou de dieta!”

Se você só vive de dieta e tem certa paranoia com imagem corporal, tente não passar isso para seu pequeno. Não fique falando sobre isso na frente dele, apenas mostre o lado bom de ser saudável e como é legal e importante fazer exercícios físicos.

“A prática leva a perfeição.”

Exponha a relevância de se empenhar nas coisas que se faz para que seu filho insista para alcançar uma evolução e tenha orgulho de cada etapa desse processo.

“Não foi nada!”

Se o seu filho se machuca, chora e você diz essa frase, saiba que pode fazê-lo se sentir ainda pior. Para mudar isso, entenda e saiba lidar com cada emoção. Caso seja algo que ele se machucou pra valer, ofereça curativo e até beijinhos para fazê-lo se sentir melhor.